Luan ‘Miau’ bate o peso, encara campeão e promete trazer cinturão do Brave para o Brasil

O brasileiro Luan Miau tentará conquistar o cinturão peso-leve do Brave CF nesta sexta-feira (Foto: Divulgação)

O peso leve Luan “Miau” Santiago passou pela primeira etapa rumo ao cinturão do Brave Combat Federation, maior evento de MMA do Oriente Médio. O atleta da CM System disputa o cinturão de sua categoria contra o atual campeão Abdul-Kareem Al-Selwady no Brave 23 desta sexta-feira (19), e bateu o peso sem problemas para o duelo.

“Miau”, que tem três vitórias e apenas uma derrota no Brave CF, bateu abaixo do limite da categoria, chegando com 70,2 kg. Seu adversário Al-Selwady bateu 70 kg cravados. Na coletiva de imprensa que antecedeu a pesagem cerimonial, o brasileiro foi vaiado pela torcida local, já que luta contra um atleta da casa, mas manteve a língua afiada e garantiu que trará o cinturão para o MMA brasileiro.

“Eu não tenho nada contra a Jordânia e contra os torcedores dele. Acho ótimo, inclusive, que o país seja tão apaixonado pelo Brave e pelo MMA. Eu estou amando estar aqui. Mas meu negócio é ganhar. Vou chegar lá amanhã, vou bater muito nele, levar meu cinturão para casa e comer bastante”, riu “Miau”.

Al-Selwady, por sua vez, não pareceu feliz com as declarações de seu desafiante e, após manter o silêncio durante a semana, soltou algumas provocações de volta a “Miau”.

“O barulho da torcida não será o responsável pela derrota dele. Ele vai perder porque sou melhor do que ele. Vou vencê-lo por conta do meu trabalho duro, das minhas habilidades e de tudo que farei com ele dentro do cage. A única coisa que ele vai ganhar é essa viagem aqui para a Jordânia”, disparou o campeão.

O Brave 23: Pride and Honor marca o retorno da organização à Jordânia, com o maior show da história da companhia. Serão três lutas de título, incluindo a estreia do cinturão superleve, além do primeiro combate do ex-UFC Jose Torres na nova casa.

Resultados oficiais da pesagem do Brave 23

Card principal

Peso meio-médio (79,4 kg): Jarrah Al-Selawe (79,35 kg) x Abdoul Abdouraguimov (79,2 kg) – Pelo título
Peso superleve (74,84 kg): Eldar Eldarov (74,7 kg) x Mounir Lazzez (74,8 kg) – Pelo título
Peso leve: Abdul-Kareem Al-Selwady (70 kg) x Luan “Miau” Santiago (70,2 kg) – Pelo título
Peso casado (86 kg): Hashem Arkhagha (86 kg) x Jeremy Smith (85,95 kg)
Peso meio-médio (79,4 kg): Ikram Aliskerov (79 kg) x Khamzat Chimaev (79,75 kg)
Peso mosca: Jose Torres (57 kg) x Amir Albazi (57,15 kg)

Card preliminar

Peso galo: Jalal Al Daaja (61,6 kg) x Aidan James (61,65 kg)
Peso leve: Anas Siraj Mounir (70,4 kg) x Alex Martinez (70,6 kg)
Peso galo: Ali Qaisi (61,45 kg x Georges Bardawill (61,65 kg)
Peso pena: Akhmed Magomedov (66,2 kg) x Steven Gonçalves (65,9 kg)
Peso leve: Ahmed Amir (70,25 kg) x Sam Patterson (70,1 kg)
Peso pena: Hassan Talal (66,1 kg) x Mohammad Aly (66 kg)

DEIXE UMA RESPOSTA

Comente
Seu nome