Ana Schmitt cita confiança em alta para o Brasileiro de Jiu-Jitsu: ‘Estarei no auge da minha forma’

    Ana Schmitt será uma das principais atrações do Brasileiro da CBJJ (Foto: Marco Aurélio Ferreira)

    Atualmente ranqueada como uma das 20 melhores faixas-preta do planeta, segundo o Ranking da IBJJF, Ana Schmitt coleciona inúmeros títulos como profissional de Jiu-Jitsu. Após uma passagem pela Austrália, onde conquistou o duplo ouro do Pan Pacific e ficou com o bronze no Europeu, a lutadora está de volta ao seu país natal após meses de aprendizado do outro lado do mundo.

    “Já estou completamente habituada no Brasil, demorou um tempinho pra ficar 100%, mas estou a cada dia melhor, graças a Deus, me sentindo muito bem”, declarou a brasileira ao falar sobre o período de readaptação ao país.

    Após essa experiência na Austrália, onde treinou na Garage JJ, equipe no qual seu noivo, Yago Espíndola, foi treinador, “Aninha” agora volta as atenções para o Campeonato Brasileiro da CBJJ, principal torneio do país na arte suave. Com uma nova premiação, podendo atingir até 10 mil reais para os vencedores do absoluto, Ana falou sobre a ansiedade que vive semanas antes do evento acontecer.

    “Estou ansiosa sim, é inevitável, mas a ansiedade dessa vez está vindo com muita alegria, é uma ansiedade boa, que não vai te corroendo. Irei fazer o que eu amo, estou bem feliz, vou chegar no auge da minha forma, tenho certeza que vou fazer um excelente campeonato e se Deus quiser sair campeã”.

    Aos 29 anos, Ana acumula dentre suas conquistas recentes o título do Mundial da IBJJF, em 2017 e a prata em 2018, além da conquista do Rio Open no ano passado. Treinando forte para chegar no auge da forma no Brasileiro deste ano, a lutadora alterna os treinos nos tatames com yoga, meditação e uma preparação física intensa. Questionada sobre as pedreiras que deve enfrentar na competição, Ana demonstrou confiança para o torneio.

    “Já dei uma olhadinha na chave, tem meninas muito duras, não tem pra onde correr, são atletas que treinam bastante, então o diferencial vai ser a cabeça, quem errar menos vai ganhar. Tenho certeza que vou estar pronta para enfrentar qualquer uma na minha categoria, pode vir qualquer uma que tenho certeza que vai dar tudo certo, vou fazer o que eu amo e dar o meu melhor”, finalizou.

    A edição deste ano do Campeonato Brasileiro de Jiu-Jitsu acontece entre o fim de abril e o começo de maio. Organizado pela CBJJ, o evento deve reunir alguns dos principais atletas do país no Ginásio José Corrêa, em Barueri (SP)

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Comente
    Seu nome