Com grandes nomes, qualificatória define os brasileiros nas chaves principais do World Pro

por: TATAME | @tatameofficial
Publicado em 24/04/2019
Com grandes nomes, qualificatória define os brasileiros nas chaves principais do World Pro

publicidade

*O quinto dia do Abu Dhabi World Pro 2019, nesta quarta-feira (24), nos Emirados Árabes Unidos, marcou a estreia dos adultos no tatame da UAEJJF. O grande destaque, porém, ficou por conta das eliminatórias por país, em especial a brasileira, no masculino faixa-preta e feminino faixas-marrom/preta. Foram diversas guerras, com nomes conhecidos garantindo um lugar nas chaves principais, entre eles os irmãos Paulo e João Miyao, Kaynan Duarte, João Gabriel Rocha e Nathiely Jesus.

Além da elite do Jiu-Jitsu, atletas das faixas-azul e roxa também mostraram toda sua técnica na Mubadala Arena. Vale lembrar que o World Pro retorna na quinta-feira, 25 de abril, com as chaves decisivas no masculino adulto faixa-preta e feminino adulto faixas-marrom/preta, entre outras atrações. As finais serão na sexta-feira (26). Você confere todos os detalhes do evento aqui, na TATAME, e também nas redes sociais da UAEJJF.

Confira os resultados completos do evento clicando aqui

Abaixo, veja como foram as qualificatórias brasileiras:

  • Masculino adulto faixa-preta

56kg – três vezes campeão do Grand Slam nesta temporada, Bebeto Oliveira teve que lutar muito para garantir seu lugar na chave principal. Em quatro duelos, ele derrotou Alex Lira por 2 a 0, finalizou Oziel Carvalho e superou Cleber Clandestino por 6 a 2. O último embate foi contra o campeão do World Pro 2018 José Carlos Lima, o “Cocó”, e com uma justa chave de braço, Bebeto garantiu sua vaga.

62kg – João Miyao lutou duas vezes para garantir seu lugar na chave principal da divisão. Primeiro, ele venceu Danilo Barbosa por 9 a 0 nos pontos. Na final, contra Pablo Dutra, nova vitória por pontos, desta vez por 4 a 2.

69kg – assim como seu irmão, Paulo Miyao também teve que lutar duas vezes para chegar na chave principal. Ele bateu Murilo Amaral por 2 a 0 nos pontos e depois superou Hilton Silva por 14 a 0, garantindo seu lugar em busca da medalha de ouro.

77kg – em uma categoria lotada, Guilherme Rocha, filho do casca-crossa Zé Radiola, lutou quatro vezes para alcançar a chave principal. Ele estreou com uma vitória por 2 a 0 sobre Flávio Vianna e, na sequência, derrotou Michael Douglas por 6 a 0 e Antonio Silva por 2 a 0. No combate decisivo, contra o duro Tiago Bravo, uma vantagem a mais lhe deu a vaga.

85kg – Matheus Godoy foi outro que entrou em ação apenas duas vezes. Na sua luta de abertura, ele superou Melksedec Franco por 1 a 0 nas vantagens. Uma vitória por W.O. sobre Igor Silva na sequência o levou direto à final, onde bateu Thiago Sá por 3 a 1 nas vantagens após empate em 2 a 2 nos pontos.

94kg – foram duas lutas para o jovem Kaynan Duarte chegar na chave principal, mas ele não teve vida fácil. Em sua estreia, um triunfo apertado sobre Renato Cardoso – campeão no master 1 na terça-feira – por 2 a 0 nos pontos. Na decisão, outro casca-grossa pela frente: Jackson Sousa. Kaynan, porém, não se intimidou e anotou 6 a 0.

110kg – João Gabriel Rocha lutou três vezes para alcançar a chave principal. Ele primeiro finalizou Mauricio Lima com uma chave de braço, depois venceu Rodrigo Ribeiro por 2 a 1 nas vantagens e, na final, bateu Matheus Felipe Xavier, o “Tá Danado”, por 4 a 2.

  • Feminino adulto faixas-marrom/preta

49kg – Thamires Aquino lutou duas vezes para conquistar seu lugar na chave principal. Ela primeiro finalizou Isabela Couti, depois passou por Sayuri Toledo via W.O. e, na final, contra Tatiane Nunes, encaixou um estrangulamento pelas costas.

55kg – duas partidas, duas vitórias. Anna Rodrigues superou primeiro Tamiris Vieira por 5 a 0 e depois encontrou Ariadne Oliveira para vencer por 4 a 0, garantindo sua vaga.

62kg – Bia Mesquita foi impiedosa na sua categoria. Diante de Natalia Zumba e Deborah Santos, Bia anotou duas finalizações, ambas com um estrangulamento pelas costas, e cravou seu nome na chave principal.

90kg – dois confrontos, duas finalizações com triângulo e a vaga na chave principal. Esse foi o caminho da fera Nathiely de Jesus, que superou Ewelyn Arruda e Rafaela Bertolot.

Confira todos os brasileiros classificados para as chaves principais:

Masculino adulto faixa-preta
56kg – Bebeto Oliveira (qualificatória) e Hiago George (ranking)
62kg – João Miyao (qualificatória) e Gabriel Sousa (ranking)
69kg – Paulo Miyao (qualificatória) e Jorge Nakamura (ranking)
77kg – Guilherme Rocha (qualificatória) e Diego Ramalho (ranking)
85kg – Matheus Godoy (qualificatória) e Rudson Mateus (ranking)
94kg – Kaynan Duarte (qualificatória) e Erberth Santos (ranking)
110kg – João Gabriel Rocha (qualificatória) e Ricardo Evangelista (ranking)

Feminino adulto faixas-marrom/preta
49kg – Thamires Aquino (qualificatória) e Mayssa Bastos (ranking)
55kg – Anna Rodrigues (qualificatória) e Bia Basílio (ranking)
62kg – Bia Mesquita (qualificatória) e Larissa Paes (ranking)
70kg – Thamara Silva (ranking)
90kg – Nathiely Jesus (qualificatória) e Gabi Pessanha (ranking)

*direto de Abu Dhabi, nos Emirados Árabes Unidos

Veja também

publicidade

publicidade

Newsletter

Assine nossa Newsletter e receba notícias e novidades em primeira mão

publicidade