Em êxtase com vaga no ADCC, Servio Tulio celebra e cita Preguiça como exemplo: ‘Tento seguir seus passos’

Publicado em 25/04/2019 por: Nilmon
Em êxtase com vaga no ADCC, Servio Tulio celebra e cita Preguiça como exemplo: ‘Tento seguir seus passos’

publicidade

por Diogo Santarém

Cinco guerras, uma grande exibição e a vaga no ADCC 2019. Assim se resume a participação de Servio Tulio no ADCC Trials Brasil, seletiva realizada em São Paulo – aberta pra toda América Latina – para o maior campeonato de luta agarrada do mundo. Pupilo do casca-grossa Felipe Preguiça – campeão absoluto do torneio em 2017 -, Servio brilhou na divisão até 77kg, desbancando o duro faixa-marrom Jeferson Guaresi na final.

Em entrevista à TATAME após o evento, o mineiro da Gracie Barra BH analisou sua participação e celebrou bastante a vaga no ADCC deste ano, programado para o mês de setembro, na Califórnia, Estados Unidos, com expectativa de um grande evento.

“Foram cinco lutas, todas muito difíceis! Acho que as regras do ADCC equilibram muito os atletas e é o evento mais divertido de lutar e assistir, com certeza. Consegui evoluir muito minha parte em pé ultimamente e isso fez a diferença. Não tomei nenhum ponto e estava muito preparado em todos os aspectos. Valeu cada esforço para esse campeonato”, disse o jovem lutador, que ainda completou sobre sua participação.

“Eu estava conversando com Caloquinha que o ADCC é campeonato mais legal de se lutar, mas que tem que ir preparado para a 3a Guerra Mundial (risos). As chaves não são divulgadas, você não sabe quando vai lutar, sempre tem muitos lutadores que você não conhece, as regras favorecem quem é bom de Wrestling e a porrada come solta, né? Fiquei o dia todo no ginásio durante a seletiva e vi 90% das lutas. Foram várias lutas impressionantes e eu mal posso esperar para setembro”, projetou.

Visualizar esta foto no Instagram.

ADCC TRIALS CHAMP 77KG ? #everydayporrada

Uma publicação compartilhada por Servio Tulio Junqueira (@serviotuliost) em

Confira o restante da entrevista com Servio Tulio:

-Luta mais difícil no ADCC Trials Brasil 2019

Difícil falar. A luta com o Lapela foi a mais movimentada e a que chamou mais atenção do público. Trombamos nos juízes, na torcida, nos coachs, foi bem equilibrada com momentos bons para os dois. Eu estive sempre na frente do placar nas negativas e isso me deu um tranquilizada durante a luta, pois sabia que se eu não tomasse ponto, nem negativa, iria ganhar. A luta com o Gabriel Rollo ficou empatada, e na última seletiva, quando lutamos, eu tinha certeza que iria ganhar na decisão, mas acabei perdendo, então fiz meu melhor, tentei derrubá-lo o tempo inteiro, não parei de atacar, e acho que isso foi o que mais contou para levar na decisão dos árbitros no fim.

-Decisão do peso 77kg contra o Jeferson Guaresi

Eu não o conhecia e depois, quando fui pesquisar, vi que é um recente faixa marrom. O moleque é muito duro, completo. Enquanto não estava valendo ponto, tentei senti-lo e quando vi, estava tomando um mata-leão (risos). Ainda bem que estou acostumado e consegui sair. Eu estava muito preparado fisicamente e queria muito essa vaga, então fui ofensivo e acho que isso contou também. Procurei a luta o tempo inteiro e em vários momentos os juízes pediram ação para ele, e acho que isso foi algo que me ajudou a levar a vitória. A luta foi bem movimentada, eu fiz guarda, ele fez guarda, quase nos derrubamos várias vezes, vale a pena assistir!

-Ajuda do Felipe Preguiça na sua preparação

O Felipe, além de meu mestre, é meu irmão do peito, então estamos sempre conversando e eu vivo muito a vida dele, sei o que ele abdicou para chegar lá, o tanto que treinou, tento seguir os passos dele para ser um cara de sucesso como ele. Ele é um professor e amigo muito presente, assim como o Rômulo Barral e toda nossa galera, somos muito unidos e sempre tentamos ajudar um ao outro da melhor maneira possível.

-Ficha caindo de que estará em ação em setembro

Quando eu fui ganhando as lutas e vendo que estava cada vez mais perto eu pensava, ´vamos manter esse foco luta a luta e quando ganhar a final vamos extravasar´. Fiquei super feliz e é aquela máxima né, todo esforço vai ser recompensado. Eu duvido que alguém treinou mais do que eu para essa seletiva, abdicou de mais coisas e, no dia, queria mais que eu. Então, fui recompensado com a vaga. Representei bem o nosso movimento #everydayporrada durante todo o camp, durante todo o campeonato, durante minha vida.

-Expectativa e treinos para competir no ADCC 2019

São as melhores possíveis. O Felipe vai lutar a superluta, vamos nos ajudar muito. A galera do Felipe é muito boa sem quimono, foram campeões de tudo No-Gi nos últimos dois anos, conto com a ajuda deles. A Gracie Barra BH tem o Caloquinha, Titi e uma galera para ajudar também. Vou chegar antes para treinar com Rominho em Northridge e pegar aquela energia e os ajustes finais. Mal posso esperar! A partir de julho vou começar o camp, vou fazer de dez semanas, cortar bem o peso, fazer muita preparação física, yoga, Wrestling e drill. Além de Jiu-Jitsu duas vezes por dia. Vai ser intenso, mas vou chegar preparado.

Veja também

publicidade

Mais lidas

publicidade

Newsletter

Assine nossa Newsletter e receba notícias e novidades em primeira mão

publicidade