Nocautes, convite de Dana White e seis brasileiros em alta: um resumo do MMA

Publicado em 01/04/2019 por: Nilmon
Nocautes, convite de Dana White e seis brasileiros em alta: um resumo do MMA

publicidade

O fim de semana foi marcado por eventos de MMA pelo mundo. Nos Estados Unidos aconteceu o LFA 63, na última sexta-feira (29). A luta principal terminou com um nocaute brutal de Derrick Krantz sobre Justin Patterson. Além do triunfo, “D-Rock” recebeu convite para participar da próxima edição do programa “Contender Series” do próprio Dana White, presidente do UFC, que estava presente na arena em Belton, no estado do Texas (EUA).

O Brasil foi representado por Gabriel Silva, que nocauteou Jake Heffernan no co-main event, e Rafael Barbosa, que levou a melhor sobre Cameron Graves por decisão unânime.

ACA agita Rússia com brasileiros

Em Krasnodar, na Rússia, aconteceu o ACA 94. O main event foi marcado pela vitória de Magomedrasul Khasbulaev por decisão unânime sobre Mukhamed Kokov. Já um dos destaques do evento foi a vitória de Ramazan Kishev por nocaute sobre Islam Isaev.


Três brasileiros entraram em ação na Rússia, e Oton Jasse foi quem mais brilhou. Diante de Imran Abaev, o peso-meio-médio da TFT anotou a 17ª finalização da sua carreira ao pegar o russo num triângulo montado. Charles Henrique Blackout, por sua vez, venceu Kasum Kasumov por decisão unânime, enquanto Otávio Besouro dos Santos foi derrotado por Askhab Zulaev, também por unanimidade, após três rounds de disputa no peso pena.

M-1 tem duas disputas de cinturão

O M-1 Challenge 101 aconteceu no sábado (30), em Almaty, no Cazaquistão, e teve duas disputas de cinturão em jogo. Na luta principal do card, Shavkat Rakhmonov, lutador da casa, venceu Daniil Prikaza e se tornou campeão dos meio-médios. Já nos meio-pesados, o russo Khadis Ibragimov manteve o título após nocautear o polonês Rafał Kijańczuk.


Dois lutadores brasileiros participaram do evento. Jean Patrick venceu Denis Tiuliulin por decisão dividida, enquanto Kayck Alencar sofreu um duro nocaute para Arman Ashimov.

Resultados distintos no CES MMA

Por fim, no evento CES MMA 55, realizado na última sexta-feira, em Hartford, Connecticut (EUA), a dupla brasileira em ação obteve resultados distintos. O peso-meio-médio Vinícius de Jesus – ex-lutador do Bellator – levou o cinturão da categoria ao superar Jeremiah Wells por decisão unânime dos jurados. Foi a oitava vitória consecutiva do “Bad Boy brasileiro”.

Já Caio “Monstro” Magalhães somou seu quarto revés seguido. Em má fase, peso-médio cearense acabou derrotado por Eric Spicely com um nocaute ainda no primeiro round do duelo. Esta foi a sexta derrota do ex-lutador do UFC nas suas últimas sete apresentações.

Veja também

publicidade

Mais lidas

publicidade

Newsletter

Assine nossa Newsletter e receba notícias e novidades em primeira mão

publicidade