Prochazka nocauteia King Mo e conquista cinturão no Rizin 15; Satoshi é o único brasileiro vencedor

Publicado em 22/04/2019 por: Nilmon
Prochazka nocauteia King Mo e conquista cinturão no Rizin 15; Satoshi é o único brasileiro vencedor

publicidade

Jiri Prochazka provou mais uma vez o status de ser um dos melhores lutadores da atualidade que não estão contratados pelo UFC, principalmente em sua categoria. O atleta conquistou o cinturão dos meios-pesados no Rizin FF 15, realizado no último domingo (21), ao nocautear o veterano ‘”King Mo” Lawal na luta principal do evento.

Já no co-main event da noite, Kyoji Horiguchi segue seu “reino de terror” na Ásia e fez mais uma vítima. Desta vez, o ex-UFC brutalizou Ben Nguyen no primeiro round com um belo nocaute, vencendo sua 12ª luta seguida.

O card ainda contou com a presença de três brasileiros, que saíram, no geral, com saldo negativo. Roberto Satoshi saiu vitorioso ao derrotar Satoru Kitaoka por nocaute técnico, mas Christiano “Urso” e Luiz “Killer” acabaram sendo derrotados por Karl Albrektsson e Mikuru Asakura, respectivamente.

Jiri Prochazka nocauteia King Mo e conquista cinturão dos meios-pesados

O primeiro duelo entre ambos ocorreu em 2015, quando King Mo derrotou Jiri Prochazka por nocaute e concedeu ao tcheco sua última derrota – até então. Desde lá, o atleta de 26 anos passou o trator em sete opositores – seis deles por nocaute – para reencontrar o lutador do Bellator. Quatro anos depois, o resultado foi diferente.

Antes nocauteado no primeiro round, agora foi a vez de Prochazka fazer King Mo “beijar” a lona. Com uma atuação dominante, o atleta dominou o confronto ao longo de três rounds, quando aplicou uma sequência de golpes em Lawal, que estava exausto, até o combate ser interrompido no terceiro round.

Kyoji Horiguchi soma décima segunda vitória seguida e nocauteia Ben Nguyen

Não precisou de muito para Kyoji Horiguchi estender seu legado nos ringues asiáticos. O ex-UFC faturou mais uma vitória, nocauteando Ben Nguyen ainda no primeiro round, em mais uma atuação dominante.

Bastou uma sequência devastadora de socos em Nguyen, que já estava caído, para liquidar a fatura em menos de três minutos, somando sua nona vitória no ringue do Rizin – sete delas por nocaute. Agora, Horiguchi retorna aos Estados Unidos para fazer uma revanche contra o campeão dos galos do Bellator, Darrion Caldwell.

Brasileiros saem com saldo negativo no Rizin 15

Foram três brasileiros participando da décima quinta edição do Rizin Fighting Federation. O único que saiu vitorioso foi Roberto Satoshi, que obteve o nocaute no segundo round de seu confronto contra Satoru Kitaoka.

Entretanto, os brasileiros da Evolução Thai, Luiz “Killer” e Christiano “Urso”, que tiveram a presença lendária de Wanderlei Silva como treinador, acabaram não correspondendo.

Luiz foi derrotado por decisão unânime para o jovem japonês Mikuru Asakura. Enquanto isso, Christiano foi dominado pelo sueco Karl Albrektsson, que usou o Wrestling para vencer por decisão unânime dos jurados.

RESULTADOS COMPLETOS:

Rizin 15
Yokohama, no Japão
Domingo, 21 de abril de 2019

Jiri Prochazka derrotou “King” Mo Lawal por nocaute no 3R
Kyoji Horiguchi derrotou Ben Nguyen por nocaute no 1R
Roberto Satoshi derrotou Satoru Kitaoka por nocaute no 2R
Karl Albrektsson derrotou Christiano “Urso” por decisão unânime dos jurados
Rena Kubota derrotou Samantha Jean-Francois por decisão unânime dos jurados
Mikuru Asakura derrotou Luiz “Killer” por decisão unânime dos jurados
Kana Watanabe derrotou Justyna Haba por decisão unânime dos jurados
Damien Brown derrotou Koji Takeda por decisão unânime dos jurados
Manel Kape derrotou Seiichiro Ito por nocaute no 2R
Kanako Murata finalizou Saray Orozo com um estrangulamento Von Flue no 2R


Veja também

publicidade

Mais lidas

publicidade

Newsletter

Assine nossa Newsletter e receba notícias e novidades em primeira mão

publicidade