Coluna da Arte Suave: ‘Nunca desista do seu Jiu-Jitsu’; veja a opinião do professor Luiz Dias

    Em seu novo artigo, Luiz Dias deixa uma mensagem especial para o praticante de Jiu-Jitsu (Foto Ilan Pellenberg)

    Por Luiz Dias

    Recebo vários e-mails de leitores, e muitos desses comentam que desanimam de ir treinar, por diversos motivos: derrotas em lutas, graduação que não veio e até por outros motivos. Bem, aqui vai a minha opinião: nunca desista de treinar por qualquer motivo, seja por motivos de dentro ou de fora dos tatames.

    Desistir sempre é o caminho mais fácil, motivos sempre surgem… Não recebeu a tão esperada graduação, perdeu uma luta no campeonato ou até por fatores extra tatame. Perder é ruim, sim. Você fica com a derrota em sua mente. Eu já perdi, já fui derrotado em várias lutas, mas lutei até o fim, e no meu íntimo eu sei que fiz e lutei até a minha última energia. Mas estava até além do meu alcance. Nunca fiz isso por ninguém, nada para provar para ninguém, treino por mim, porque eu quero vencer sempre e evoluir no meu Jiu-Jitsu.

    Desanimar é tão fácil, o próximo passo é desistir. Por quê tem de desistir? Respira fundo, não pense no que pode perder, pense no que você vai ganhar, conquistar, merecer. Nos treinos em sua academia e em campeonatos você sempre encontrará pessoas que tentarão te vencer, o que é excelente. São grandes chances de exercitar sua tenacidade e provar para si próprio que é capaz de superar de seus pontos fracos, faça isso por você.

    Sei que é muito fácil de falar, mas se você quer, se prepare para o que for e vá a luta. A distância entre o impossível e a conquista dos seus sonhos é a questão de lutar por ela em suas lutas particulares, seja ela física, pessoal, profissional ou sentimental. Eu realmente penso assim. Nunca desista de nada, e muito menos pare de treinar por motivos extra Jiu-Jitsu.

    Não entendo a desistência, afinal, você só perde quando você desiste. Quando você perde lutando, você quase que vê a vitória lhe sorrindo. Acredite que na próxima vez irá vencer, então você se torna mais forte, se prepara mais. Mas quando desiste, desanima e para. Eu te pergunto: o que esperar então do futuro? Nada, meu amigo. Apenas a triste frase: “Você desistiu”. Diferente de quando você luta até o fim, pois você venceu porque puxou os seus limites e enfrentou seus medos. Faça os seus medos terem medo de você. Se lance aos desafios. Não se entregue.

    Sempre pensei assim. Não volto com o “se” para casa. A vitória está aí, em lutar pelos seus ideais e metas. Infelizmente, ninguém me ensinou isso. Demorei um tempo para perceber que o meu medo de perder tirava minhas chances de dar excelentes treinos, de treinar com lutadores melhores do que eu e aprender nessas lutas. Quando percebi, me senti mais seguro, mais corajoso. Quando percebo isso em algum aluno meu, sempre falo isso para ele.  

    Da vida não levamos nada. Então medo de perder por quê? O tempo passa, levando tudo nosso. Então arrisque, ouse, lute. Não descanse nem um minuto. Não sabemos se estaremos no tatame amanhã. Se poderemos treinar novamente com aquela pessoa. Em cada dia, avanço em busca do que eu quero, foco nos meus objetivos e realmente me preparo para estar cada vez mais preparado para tudo. Eu acredito que não nasci para ser um perdedor, eu vivo para superar meus limites, melhorar minhas habilidades e corrigir minhas fraquezas. Enquanto eu me vencer e sempre me levantar, eu serei invencível.

    Faça do seu treino de Jiu-Jitsu um caminho para superar seus limites, fortalecer sua mente. Não importa se você compete ou não. O que realmente importa é que se você lutar, dar os seus treinos de Jiu-Jitsu, a arte suave sempre vai te alavancar na vida em todos os segmentos. Acreditem no que escrevo, porque escrevo com experiência própria.

    Para mais informações, veja https://www.instagram.com/luizdiasbjj/ ou entre em contato pelo e-mail geracao.artesuave@yahoo.com.br. Também conheça o http://http://gasjj.blogspot.com//. Boa semana, bons treinos e até a próxima! 

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Comente
    Seu nome