Prêmio de R$ 150 mil distribuído aos campeões e mais de 7.500 atletas; veja os números do Brasileiro 2019

    Dimitrius fechou a categoria com Vinícius Trator, seu parceiro na Alliance, e dividiram o prêmio (Foto Camila Nobre)

    O Campeonato Brasileiro de Jiu-Jitsu da CBJJ, que acontece desde 1996, em 2019 entrou para a história por pagar em dinheiro os campeões no adulto faixa-preta pela primeira vez. O torneio chegou ao fim no último dia 5, em Barueri (SP) – após sete dias -, e para fazer um balanço, a TATAME entrou em contato com a IBJJF para ter acesso aos dados oficiais.

    Com disputas nas 19 categorias no adulto faixa-preta, contando masculino e feminino, a IBJJF/CBJJ distribuiu um total de R$ 150 mil aos campões e vices de cada divisão, além do absoluto. Vale lembrar que os valores poderiam oscilar de acordo com o número de atletas inscritos em cada categoria (entenda aqui).

    Outro dado importante foi o número de participantes no Brasileiro: 7.589 competidores, desde o infantil até a categoria master. Comparando com a edição de 2018, o torneio teve um aumento de 9,6% no número de inscritos. É, de longe, a maior competição não apenas de Jiu-Jitsu, mas de lutas do Brasil em números de lutadores registrados.

    Dos mais de 7.500 atletas inscritos no Brasileiro, as mulheres foram um total de 1480. A faixa que teve mais lutadores foi a azul, com 1.796. Na faixa-preta adulto, por sua vez, foram 326 atletas – um acréscimo de 11,26% em relação a 2018.

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Comente
    Seu nome