Organizador do DC Pro classifica como ‘positiva’ segunda edição e projeta novo evento em breve

    Daniel Cabral entre Luis Henrique KLB e Hugo Cunha, ambos atletas de MMA (Foto divulgação)

    No último dia 11, no novo CT da DC Fighters, na Zona Oeste do Rio, foi realizada a segunda edição do DC Pro. O evento capitaneado por Daniel Cabral é um festival de artes marciais, com lutas casadas de MMA profissional e amador, Muay Thai, Jiu-Jitsu (Gi e No-Gi), Savate e Kickboxing. À TATAME, o organizador fez um balanço do evento.

    “É muito positivo o balanço. Tivemos mais de 50 lutas durante o dia todo. O intuito era pegar e mostrar um pouco de cada modalidade que temos aqui no CT. O pessoal mostrou para que veio e o público saiu muito satisfeito. O evento foi um grande sucesso. Espero que as próximas edições sigam no mesmo caminho, sempre crescendo. A intenção era valorizar os atletas e as equipes participantes, e conseguimos”, destacou Daniel Cabral.

    O faixa-preta de Jiu-Jitsu destacou a venda de ingressos e a transmissão ao vivo pela TATAME TV no Facebook e YouTube. Para Daniel, o evento ganhou uma projeção maior.

    “Todos os ingressos foram vendidos, tanto do card amador, quanto do profissional. A transmissão ao vivo, pela TATAME TV, deu uma visibilidade enorme para o evento. Foram mais de 40 mil visualizações entre Facebook e YouTube. Isso me impressionou bastante, com certeza”, afirmou Daniel, que projetou a próxima edição do DC Pro 3 em breve.

    “A terceira edição está bem próxima. Eu viajo para o Mundial de Jiu-Jitsu da Califórnia (nos EUA). Na volta, terei algumas reuniões para estudar a data da terceira edição que será em breve e com várias novidades”, concluiu o responsável pela organização do DC Pro.

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Comente
    Seu nome