Gabriel Arges destaca ‘camp intenso’ para o Mundial 2019 e projeta tri: ‘Indo confiante para mais um título’

    Gabriel Arges vai em busca do tricampeonato nesta temporada de 2019 do Mundial da IBJJF (Foto Stewart Uy)

    Por Yago Rédua

    Bicampeão do mundo, Gabriel Arges quer recuperar a coroa da divisão dos médios. O lutador da Gracie Barra bateu um papo com a TATAME sobre a sua preparação para o Mundial da IBJJF, que acontece nesta semana, na Califórnia (EUA). O faixa-preta disse que teve um camp no mais alto nível e chega muito preparado física e mentalmente para o maior torneio de arte suave: Arges vai confiante em busca do tricampeonato.

    “Muito intenso (os treinos)! Cheguei em um nível de preparação que nunca tive a oportunidade de ter antes por motivos de calendário. Consegui manter o camp sem interrupção quase nenhuma e estou muito feliz com a forma física que vou chegar no Mundial 2019”, destacou o jovem faixa-preta representante da Gracie Barra.

    No “King of Mats” da UAEJJF, em janeiro deste ano, Arges derrotou Isaque Bahiense na final do GP dos Médios. O lutador da Alliance, inclusive, é o atual campeão da categoria. O mineiro comentou sobre um possível novo encontro entre os dois, analisou a novidade da premiação em dinheiro e disse que não vai participar do absoluto. No entanto, colocou Marcus Buchecha como o favorito para conquistar mais uma vez a disputa no peso aberto.

    Confira abaixo o restante da entrevista com Gabriel Arges:

    -Chance de um novo encontro com Isaque

    O Isaque (Bahiense) é um dos melhores competidores do peso médio. Nunca descarto a possibilidade de enfrentá-lo. Acho que um encontro com ele seria outra luta duríssima.

    -Premiação em dinheiro na faixa-preta

    É um passo à frente na profissionalização do nosso esporte. Atletas no Jiu-Jitsu ainda não conseguem viver só de premiações em campeonatos, mas estou confiante que medidas como essa possam elevar o retorno financeiro para atletas que sonham em viver de lutar.

    Ver essa foto no Instagram

    Scary Lineup @stewartuy

    Uma publicação compartilhada por GABRIEL ARGES (@gabrielarges) em

    -Responsabilidade de ser favorito na divisão

    Sendo favorito ou não, meu objetivo é o mesmo: ser campeão. Acredito que minha preparação mental e física continua a mesma e a expectativa também não muda, é vencer. Estou indo muito confiante para mais um título, em busca do tricampeonato.

    -Fora do absoluto e Buchecha como favorito

    Ainda não está na hora pra mim. Um dia ainda vou fazer parte quando estiver lutando de meio-pesado ou pesado. Esse ano vejo a disputa acirrada como sempre. Acho que o Nicholas Meregali vai chegar forte, mas o Marcos Buchecha ainda leva. A combinação de elementos que ele (Buchecha) traz como atleta é difícil de ser batida, um alto nível.

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Comente
    Seu nome