A Confederação Brasileira de Judô convocou, na última segunda-feira (27), os 14 judocas que representarão o Time Brasil nos Jogos Pan-Americanos de Lima 2019, entre 8 e 11 de agosto. O anúncio foi feito pelo medalhista olímpico e de Jogos Pan-Americanos, Flávio Canto, ao lado do gestor de Alto Rendimento da CBJ, Ney Wilson Pereira.

Entre as revelações, a lista conta com a experiência dos medalhistas olímpicos Rafaela Silva (57kg), Mayra Aguiar (78kg) e Rafael Silva “Baby” (+100kg), que liderarão uma renovada seleção brasileira de Judô com dez estreantes em Jogos Pan-Americanos.

“É muito importante para o atleta vivenciar esse ambiente de Jogos, de evento poliesportivo, com vila e com bastante atenção da mídia. Apesar de não valer para a classificação olímpica, os Jogos Pan-Americanos são uma ótima oportunidade para preparar nossa nova geração para o que eles vão encontrar no ano que vem no ambiente dos Jogos Olímpicos de Tóquio”, pontuou Ney Wilson. “Esperamos contribuir com muitas medalhas para o Time Brasil e trazer um bom resultado da Missão Lima 2019 junto com o COB”.

“É uma pequena Olimpíada. Na verdade, é uma grande experiência para quem quer ir a uma Olimpíada. Tem a vila pan-americana, a energia é diferente, a pressão é maior, você tem muito mais imprensa em cima e, para quem não está acostumado, é uma experiência fundamental”, complementou Flávio Canto, que tem em seu currículo quatro participações em Jogos Pan-Americanos (1995, 1999, 2003 e 2007) e duas Olimpíadas (1996 e 2004).

A equipe masculina chegará à Lima com 100% de renovação em relação à participação do Brasil em Toronto 2015. Os convocados foram: Renan Torres (60kg/Sesi/SP), Daniel Cargnin (66kg/Sogipa/RS), Jeferson Santos Jr (73kg/Instituo Reação/RJ), Eduardo Yudy Santos (81kg/ECPinheiros/SP), Rafael Macedo (90kg/Sogipa/RS), Leonardo Gonçalves (100kg/Sogipa/RS) e Rafael Silva “Baby” (+100kg/ECPinheiros/SP).

No feminino, Nathália Brígida (48kg/Sogipa/RS), Larissa Pimenta (52kg/ECPinheiros/SP), Rafaela Silva (57kg/Instituto Reação/RJ), Aléxia Castilhos (63kg/Sogipa/RS), Ellen Santana (70kg/ECPinheiros/SP), Mayra Aguiar (78kg/Sogipa/RS) e Beatriz Souza (+78kg/ECPinheiros/SP) representarão o Brasil. Dessas, só três estiveram em Toronto.

A lista final foi definida após as disputas do Pan-Americano de Judô e da Copa Pan-Americana de 2018 e 2019, eventos que distribuíram pontos no ranking classificatório.

“A equipe é jovem, mas já tem rodagem. É, praticamente, a base da seleção que vai ao Campeonato Mundial e da que foi ao Campeonato Pan-Americano Sênior deste ano, que foi uma boa prévia do que nos espera nos Jogos. Estamos confiantes de que podemos melhorar alguns resultados em relação ao Campeonato Pan-Americano”, completa Ney.

Entre experientes e novatos, os convocados têm um ponto em comum: todos os 14 judocas brasileiros nestes Jogos Pan-Americanos vão em busca de uma medalha de ouro inédita em suas carreiras. Logo após o Pan, parte da delegação embarcará direto para a cidade de Hamamatsu, no Japão, onde farão a aclimatação para o Campeonato Mundial de Tóquio, que será realizado de 25 de agosto a 1º de setembro, na capital.