Disputa de cinturão e retorno de Ravy Brunow marcam a estreia do WGP no Chile, nesta sexta-feira (24); confira

Publicado em 24/05/2019 por: Nilmon

publicidade

Os olhos do mundo do Kickboxing estarão voltados para Santiago, no Chile, nesta sexta-feira (24). Pela primeira vez no país, o WGP Kickboxing realiza sua edição de número 54 com um main event de levantar qualquer um da cadeira. O campeão dos cruzadores (até 85,1kg) Cesinha Almeida coloca seu título em jogo pela primeira vez diante do anfitrião Ivan Galaz, um dos lutadores mais respeitados no cenário latino-americano.

A noite conta ainda com Challenger GP dos super-médios (até 78,1kg) com a presença de Ravy Brunow, ex-campeão da categoria abaixo, superlutas e duelos internacionais emocionantes. O evento tem início às 20h (horário de Brasília) e 19h no Chile, e contará com transmissão ao vivo de FOX Sports, Canal Combate e Bandsports, a partir das 22h.

Aos 31 anos, Cesinha Almeida curte a melhor fase da carreira. Depois de conquistar o cinturão, o paulistano vive a sensação de defender seu título pela primeira vez, e logo diante de uma pedreira. Seu retrospecto no WGP, porém, o respalda para chegar em território chileno e mostrar do que é capaz. Foram 17 lutas no WGP, com 13 vitórias. Para o duelo com Ivan Galaz, ele chega motivado e com a bagagem de um camp com a participação de Felipe Micheletti, campeão dos pesados e que já derrotou Galaz.

“A preparação foi a melhor que já fiz, estou na minha melhor fase. Fui treinar com Micheletti, treinei com Salsicha, com o Tebar também. Peguei alguns macetes. Defender o título é uma pressão diferente, responsabilidade maior, muita coisa em jogo. Mas tenho um trabalho de coach mental que me ajuda nessa parte, para minha cabeça ficar tranquila, livre e eu poder desenvolver meu trabalho na hora do vamos ver”, afirmou o brasileiro.

Protagonizar uma edição do WGP não é tanta novidade para Galaz. O lutador de 34 anos, com participações no GLORY, é nascido e criado na capital Santiago e soma cinco participações no evento, com duelos contra nomes importantes como Micheletti, quando disputou o título dos pesados e foi derrotado por unanimidade, e Alex Pereira. Galaz conseguiu a chance de ser desafiante ao vencer o Challenger GP na edição 51. Ele soma na carreira um total de 70 lutas, com 61 vitórias e nove derrotas, e chega animado.

“Foi uma preparação difícil, muitas coisas foram mudadas da minha rotina. Mudei minha forma de treinar 100%. Os 85kg sempre foram a minha categoria, onde me sinto mais confortável e mais forte. Mas os atletas são mais rápidos também. Apesar disso me sinto cada vez mais confortável, sem dúvida é onde tenho mais chances de ser campeão”, disse.

Challenger GP dos super-médios marca volta de Ravy

O WGP 54 contará ainda com o Challenger GP dos super-médios, que traz um retorno muito aguardado. Ravy Brunow, ex-campeão dos meio-médios (até 71,8kg) volta após mais de um ano e finalmente sobe de categoria para tentar chegar ao cinturão, hoje com Jonas Salsicha. Ele encara o argentino Guillermo Benitez em uma das semifinais, enquanto do outro lado os chilenos Victor Valenzuela e Joans Lorca brigam pela outra vaga. Lorca, inclusive, entrou de última hora no card substituindo o uruguaio Diego Falero, que se lesionou. Outros dois duelos eletrizantes marcam o evento: os argentinos Nicolas Ryske e Facu Suarez, mestre e pupilo, pegam os chilenos Patricio Navarrete e Felipe Artillero.

CARD COMPLETO:

WGP 54
Centro Cultural Estacíon Mapocho, em Santiago (CHI)
Sexta-feira, 24 de maio de 2019
Ingressos:
https://bit.ly/2Zunt0b

Main Event: WGP Title Bout

Peso Crucero (85,1kg)

Cesar Almeida (84,6kg) (Corinthians Kickboxing – BRA) x Ivan Galaz Escuela (84,6kg) (Brutal Striker/Alpha Omega – CHI)

Co-Main Event: Challenger GP – Final

Peso Super-Médio (78,1kg)

Vencedor Semininal 1 x Vencedor Semifinal 2

Featured Fight

Peso Cruzado (85,1kg)

Nicolas Ryske (84,6kg) (Picante Fight Club – ARG) x Patricio Navarrete (85kg) (MT Team – CHI)

Featured Fight

Peso Ligeiro (60kg)

Felipe Artillero (59,9kg) (Brutal Striker – CHI) x Facu Suarez (60kg) (Picante Fight Club – ARG)

Challenger GP – Semifinal 2

Peso Super-Médio (78,1kg)

Ravy Brunow (78kg) (Chute Boxe Diego Lima/União ABC – BRA) x Guillermo Benitez (77,8kg) (Dojo Serpiente – ARG)

Challenger GP – Semifinal 1

Peso Super-Médio (78,1kg)

Victor Valenzuela (77,9kg) (Brutal Striker/Alpha Omega – CHI) x Joans Lorca (77,3kg) (Team Bahamondes) ( CHI)

WGP SUPER FIGHTS

Super Fight

Peso Super-Médio Feminino (+70kg)

Aylin Sobrino (77kg) (Brutal Striker – CHI) x Lais Fiona (103,4kg) (Chakuriki Brasil – BRA)

Super Fight

Peso Casado Feminino (54kg)

Jacqueline Ayala Aguilera (53,6kg) (Brutal Striker – CHI) x Marti Martinez (54kg) (Fighting Talents Viña del Mar/Dojo Serpiente – ARG)

Super Fight

Peso Médio (71,8kg)

Sebastian Corral (71,5kg) (Brutal Striker – CHI) x Iury Souza (71,3kg) (Coliseu Fight Club – BRA)

Super Fight

Peso Ligeiro (60kg)

Felipe Díaz (64,2kg) (Díaz Striking Academy/Brutal Striker – CHI) x Maykon Brendel (64,5kg) (TRKB – BRA)

WGP UNDERCARD

Fight

Peso Super-Ligeiro (64,5kg)

Joaquin Morales (64,4kg) (Emetres) x Emilio Venegas (64,4kg) (Fighting Talents Viña del Mar/Sparthai Gym Lo Prado)

Fight

Peso Super-Ligeiro (64,5kg)

Cristian Barraza (TBA) (64,2kg) x Julio Jara (Strikebox Original)

Fight

Peso Médio (71,8kg)

Kevin Briones (71,7kg) (Brutal Striker Rancagua) x Cristobal Bristeño (70,8kg) (RAAK)

Fight

Peso Ligeiro (60kg)

Jakob Von Senger (59,6kg) (Sport Fight Center) x Arturo Vergara (59,7kg) (K-boom/Krespita Boxing Team)

Fight

Peso Super-Ligeiro (64,5kg)

Nelson Rojas (64kg) (Equipo Weichafe) x Matias Magna (64,2kg) (Brutal Striker)

Veja também

publicidade

Mais lidas

publicidade

Newsletter

Assine nossa Newsletter e receba notícias e novidades em primeira mão

publicidade