Embalado pelo Brasileiro de Jiu-Jitsu, Fabrício Moreira aposta em Honório e Rodnei no Mundial 2019; confira

Publicado em 29/05/2019 por: Nilmon

publicidade

Por Vitor Freitas

Assíduo competidor, Fabrício Moreira tem projetado o seu início de temporada em 2019 apenas para treinar e auxiliar seu time de competidores. O resultado no Campeonato Brasileiro da CBJJ, onde a equipe Qatar BJJ fez mais de 100 pontos, prova que o trabalho do faixa-preta de Sérgio Penha está no caminho certo. Para o Mundial 2019 da IBJJF, alguns atletas vão desfalcar o time por terem o visto negado pelo Consulado Americano.

Porém, mesmo com o time reduzido, Fabrício acredita em um bom desempenho de seus alunos, especialmente Victor Honório e Rodnei Barbosa, ambos faixas-preta de destaque.

“Infelizmente vamos com um time reduzido em número, mas com uma qualidade altíssima com o Honório e Rodnei. Fica difícil projetar uma campanha em um campeonato com um nível tão alto como o Mundial. Acredito que voltaremos pra casa com umas seis medalhas, a expectava está muito boa. Os treinos estão bons e mal podemos esperar para ver nosso time em ação. As expectativas são ótimas”, contou Fabrício em entrevista à TATAME.

Paulista radicado há nove anos em Doha, no Catar, o experiente professor comentou ainda seu principal objetivo com o Jiu-Jitsu num dos países mais interessantes do Oriente Médio.

“Meu maior objetivo é poder ter um impacto positivo na comunidade local, educando os mais jovens a viverem uma vida saudável através do Jiu-Jitsu e seus princípios. Nunca tracei um limite para aonde quero chegar, pois o objetivo é ajudar cada vez mais jovens. Pode ter certeza que não medirei esforços para isso”, detalhou o casca-grossa.

Veja também

publicidade

Mais lidas

publicidade

Instagram
Newsletter

Assine nossa Newsletter e receba notícias e novidades em primeira mão

publicidade