Para fechar temporada ‘impecável’, Thalison Soares mira ouro no Mundial e se diz ‘pronto para a faixa preta’

por: TATAME | @tatameofficial
Publicado em 27/05/2019

publicidade

Por Yago Rédua

Um dos grandes nomes da atualidade na faixa marrom do Jiu-Jitsu, Thalison Soares entra como candidato para conquistar o título peso-galo na edição de 2019 do Mundial da IBJJF, que começa na próxima quinta-feira (30), na Califórnia (EUA). O lutador da Cícero Costha conquistou todos os principais torneios da IBJJF e também da AJP Tour (antiga UAEJJF) na temporada 2018/2019. À TATAME, ele comentou que a medalha dourada vai coroar uma jornada “impecável” neste período e é o momento mais “importante”.

“Essa é a parte mais importante do ano, o Mundial. Eu fiz mais um ano impecável, realizei tudo o que eu planejei até agora, estou muito animado pra lutar esse Mundial, pra deixar meu melhor lá e fechar mais uma temporada perfeita”, projetou o jovem Thalison.

O faixa-marrom ainda comentou sobre o período de treinos que teve com a fera da Alliance Bruno Malfacine, dez vez campeão mundial, Rodolfo Vieira e a multicampeã Gezary Matuda. O jovem lutador, que pode receber a cobiçada faixa preta após edição deste Mundial, ainda afirmou que estará preparado caso isso realmente aconteça.

Confira abaixo a entrevista na íntegra com Thalison Soares:

-Treinos com Bruno Malfacine e Gezary Matuda

Eu fiz duas semanas de treino com eles, e foi uma experiência incrível poder treinar com o melhor peso-galo de todos os tempos. Poder compartilhar conhecimentos, ver quais pontos eu venho acertando e o que posso acrescentar… Venho buscando cada vez mais chegar preparado na faixa preta e certeza que os treinos lá me ajudaram muito para isso.

-Expectativa para receber a faixa preta

Isso só quem pode responder é o professor Cícero, mas eu estou pronto, eu venho trabalhando esse tempo todo para receber a faixa preta, pensando como um faixa-preta, lutando como faixa-preta. Então, na hora que ela vier, estarei pronto pra da meu melhor.

-Balanço de trajetória nas faixas coloridas

Uma fase de muito aprendizado, onde eu aprendi a me conhecer, saber o que posso fazer, minhas limitações, pude aprender com meus erros, aproveitei todas as oportunidades de melhoria e crescimento. Busquei muito dar meu melhor para evoluir como atleta e como pessoa, sempre acreditei que os resultados que a gente tem como atleta são o reflexo da pessoa que somos. Então, sempre busquei amadurecer e evoluir como pessoa também.

-Planos e competições após o Mundial

Eu já estou confirmado no Grand Slam de Moscou (Rússia) e na etapa do Japão da AJP Tour (antiga UAEJJF). Esses são os meus meus próximos objetivos depois do Mundial.

Veja também

publicidade

publicidade

Newsletter

Assine nossa Newsletter e receba notícias e novidades em primeira mão

publicidade