Rodrigo Cavalheiro nocauteia Henerson Neném e brilha no Max Fight 22; confira como foi

por: TATAME | @tatameofficial
Publicado em 04/05/2019
Rodrigo Cavalheiro nocauteia Henerson Neném e brilha no Max Fight 22; confira como foi

publicidade

Em mais uma edição repleta de emoções, o Max Fight se consolida cada vez mais como um dos maiores eventos de MMA do Brasil. Na última sexta-feira (3), em sua 22ª edição, realizada em Caraguatatuba (SP), das 13 lutas, oito delas terminaram por nocautes, três por finalização e somente dois combates foram para a decisão dos árbitros.

Na luta principal da noite, Henerson Neném e Rodrigo Cavalheiro fizeram um primeiro round eletrizante, com Rodrigo aplicando diversos chutes sobre Henerson, inclusive o levando a knockdown em determinado momento. Mesmo salvo pelo gongo, Henerson não conseguiu voltar para o segundo round. Desta forma, Cavalheiro foi declarado vencedor por nocaute técnico ainda no primeiro assalto.

Um dos confrontos mais esperados da programação, entre o veterano Cassiano Tytschyo, com 43 lutas como profissional, diante de Fabrício Negão, não decepcionou o publico presente. Com um primeiro round mais efetivo por parte de Cassiano, que quase finalizou com um triângulo de mão e por pouco não nocauteou no segundo assalto, o veterano lutador foi surpreendido no início da terceira parcial, perdendo o combate para Fabrício por nocaute técnico.

Na única luta amadora da edição, Gledson Oliveira aplicou um nocaute relâmpago sobre Ronaldo Ferreira, com apenas 36 segundos de luta, após conectar um potente cruzado de direita.

“Mais um evento pra conta. Já são 13 anos de Max Fight e a adrenalina é sempre a mesma. Graças a Deus deu tudo certo, tenho certeza que fizemos um ótimo show para todos que assistiram no ginásio, SporTV e Combate. Em breve já vamos anunciar a próxima edição, vamos em frente!” vibrou Ricardo Saldanha, CEO da franquia.

RESULTADOS COMPLETOS:
Gledson Oliveira derrotou Ronaldo Ferretti por nocaute no 1R
Bia Silva derrotou Jéssica Oliveira por decisão dos jurados
Juan Gonzáles derrotou Antônio Carcará por decisão dos jurados
Karina Ariadne finalizou Ana Carolina Nascimento no 2R
Mário Souza derrotou Cemey Meiota por nocaute no 1R
Allan Guerra derrotou Douglas Bacagkini por nocaute técnico no 2R
George Lucas finalizou Clodoaldo Ferreira no 1R
Vitor Salvo derrotou Rodolfo Beletto por nocaute no 1R
Emerson Rios derrotou Maikon Playboy por nocaute técnico no 1R
Rafael Sonic finalizou Bruno Bolt no 2R
Eduardo Dinis derrotou Caio Cabecinha por nocaute no 1R
Fabrício Negão derrotou Cassiano Tystschyo por nocaute no 3R
Rodrigo Cavalheiro derrotou Henerson Neném por nocaute técnico no 1R

Veja também

publicidade

publicidade

Newsletter

Assine nossa Newsletter e receba notícias e novidades em primeira mão

publicidade