Seleção brasileira de Taekwondo faz campanha histórica no Mundial de Manchester; veja como foi

por: TATAME | @tatameofficial
Publicado em 20/05/2019

publicidade

A Seleção Brasileira de Taekwondo realizou, em Manchester, na Inglaterra, a sua melhor campanha em Campeonatos Mundiais, em número de medalhas, com cinco conquistas. Foram duas pratas e três bronzes, no torneio realizado entre os dias 16 e 19 de maio. Neste domingo (19), foram duas medalhas de prata com Ícaro Miguel e Caroline Gomes, enquanto Maicon Andrade levou o bronze.

Ícaro e Caroline levaram o Brasil de volta às decisões de campeonato mundial, após 14 anos. As últimas decisões foram em 2005, com Ouro de Natalia Falavigna e prata de Márcio Wenceslau. Com as conquista em Manchester, o Brasil chega à soma de 19 medalhas em Campeonatos Mundiais de Taekwondo, categoria adulta.

A primeira decisão veio com Icaro Miguel, atleta de São Caetano, de 22 anos. Oitavo colocado no ranking mundial, Ícaro derrotou três fortes adversários até chegar à decisão da categoria até 87kg, contra o russo Vladislav Larin, que levou a melhor por 19 a 9.

Na final, o brasileiro saiu na frente, mas no segundo round não conseguiu escapar de golpes que atingiram o capacete e aumentaram a vantagem do adversário. No último período, Ícaro foi agressivo, aplicou uns golpes, mas não conseguiu alcançar o russo.

Na sequência, foi a vez da decisão feminina, até 62kg, com Caroline Gomes. Com 22 anos, a lutadora conquistou o título de vice-campeã do mundo da categoria ao enfrentar na decisão Iren Yaman, da Turquia, atual número um do ranking mundial e bicampeã mundial.

Na final, Caroline não conseguiu impor seu forte ritmo de luta e o combate terminou 21 a 7. Antes disto, a brasileira venceu quatro adversárias, começando por Yala Valinejad, do Irã (39 a 19). Em seguida, bateu Teodora Mitrovi e Marta Gomes, ambas da Espanha, por 27 a 2 e 25 a 5, respectivamente. Na semifinal, contra a croata Bruna Vuletic, Caroline abriu o placar e manteve a dianteira do acirrando confronto, vencendo por 14 a 11.

Ainda no domingo, Maicon Andrade garantiu a terceira colocação da categoria acima de 87kg, após três vitórias e uma derrota, na semifinal, contra Rafael Alba, de Cuba. Na decisão, o brasileiro buscou o resultado até os últimos instantes, mas não conseguiu alcançar o placar que terminou 17 a 13. Medalha de Bronze nos Jogos Olímpicos Rio 2016, Maicon entra no seleto grupo nacional que conquistou medalhas nas duas competições mais importantes do esporte.

Veja também

publicidade

publicidade

Newsletter

Assine nossa Newsletter e receba notícias e novidades em primeira mão

publicidade