Henry Cejudo nocauteia Marlon e vira campeão duplo no UFC 238; Shevchenko mantém título

    Henry Cejudo se torna campeão duplo do UFC após nocautear o brasileiro Marlon Moraes (Foto: Getty Images)

    O aguardado UFC 238, em Chicago (EUA), neste sábado (8), entregou o que estava sendo prometido. Na luta principal, Henry Cejudo cravou ainda mais o seu nome na história do esporte mundial e se tornou campeão duplo do Ultimate após vencer o brasileiro Marlon Moraes por nocaute técnico. Já no co-main event, Valentina Shevchenko foi impecável em sua primeira defesa de cinturão com um nocaute impressionante sobre Jessica Eye. Em uma das lutas mais aguardadas, Tony Ferguson derrotou Donald Cerrone, que foi impedido pelos médicos de voltar para o terceiro assalto, por conta de um grave inchaço no olho direito. Além disso, no card principal, Petr Yan e Blagoy Ivanov saíram vitoriosos.

    O card preliminar foi agitado em Chicago. O brasileiro Pedro Munhoz foi superado por Aljamain Sterling, que deverá ser o próximo desafiante no peso-galo. Quem também se credenciou para disputar o título foi Tatiane Suarez que derrotou Nina Ansaroff. A peso-palha se coloca como a principal candidata para desafiar a campeã Jéssica Bate-Estaca.

    Cejudo faz histórica é vira campeão duplo

    Marlon Moraes explorou no primeiro round os lows kicks e foi castigando a perna direita de Henry Cejudo. Além disso, sempre que o norte-americano atacava, “Magic” respondia com golpes velozes. O segundo assalto seguia o mesmo panorama, até Cejudo acertar um forte direto no brasileiro. O campeão peso-mosca fez uma blitz no minuto final e “Magic”, nitidamente, sentiu os ataques, se tornando um alvo fixo no octógono.

    Após terminar melhor o segundo round, Cejudo manteve o momento favorável no terceiro assalto e passou a ditar as ações da luta. Ao levar o embate para o chão, o norte-americano chegou perto de finalizar no triângulo de mãos, mas encontrou o ground and pound e passou a aplicar cotoveladas e socos em Marlon. O árbitro, então, foi obrigado a encerrar o combate. Cejudo escreve seu nome ainda mais na história do esporte. O medalhista e ouro nos Jogos Olímpicos agora é campeão duplo do UFC. Além de faturar o título no peso-galo, “The Messenger” também ostenta o cinturão dos moscas.

    “Bullet” mantém cinturão com nocaute brutal

    Após adotar um tom mais estratégico no primeiro round, quando optou por levar a luta para o solo e quase finalizar com uma chave de kimura, Valentina Shevchenko voltou decidida a terminar a luta o quanto antes no segundo assalto. Nos primeiros segundos, “Bullet” acertou um belíssimo high kick em Jessica Eye, que derrubou a desafiante imediatamente. Essa é a primeira defesa de cinturão da lutadora nascida no Quirguistão, que é radicada no Peru. “Evil” foi atendida rapidamente pela equipe médica e demorou alguns segundos para recuperar a consciência.

    Ferguson engata 12ª vitória seguida

    Em um primeiro round equilibrado, Donald Cerrone foi eficiente em seus golpes e acertou combinações de jabs e diretos. Já Tony Ferguson buscou variar em seus ataques, além de explorar a movimentação. No segundo assalto, “El Cucuy” encontrou a distância exata, passou a circular no cage e respondia bem as investidas do adversário.

    Após soar a alarme para o fim do segundo round, Ferguson acertou um direto em Cerrone, que gerou muitas vaias do público. Na volta para o terceiro assalto, o olho direito de “Cowboy” estava inchado, fechou e foi preciso a intervenção dos médicos para encerrar o confronto. O casca-grossa queria continuar, mas foi decretado triunfo por nocaute técnico para Ferguson. Essa é a 12ª seguida vitória seguida de “El Cucuy” no Ultimate.

    Petr Yan e Blagoy Ivanov vencem

    Com atuação convincente, Petr Yan dominou Jimmie Rivera e chegou perto de conquistar o nocaute técnico, entretanto, levou a disputa por decisão unânime. No octógono, o russo pediu para disputar o cinturão dos galos em sua próxima luta. Na abertura do card principal, Blagoy Ivanov derrotou Tai Tuivasa por decisão unânime, em confronto marcado pelo equilíbrio nos três rounds na categoria dos pesados.

    Sterling vence Pedro e fica perto de title shot

    Em um primeiro round equilibrado, Aljamain Sterling colocou mais golpes limpos. O norte-americano se movimentou e encontrou o tempo certo para atacar e sair do raio de ação do brasileiro. Já Pedro Munhoz acelerou o ritmo no fim do primeiro round, aplicou uma joelhada e quase pegou o oponente em uma guilhotina. O segundo assalto seguiu no mesmo panorama, mas o paulista passou a tentar mais os low kicks.

    Para o terceiro assalto, o confronto seguiu no mesmo ritmo. Sterling seguia se movimentando, porém demonstrou mais cansaço. No entanto, soube usar a envergadura e manteve os golpes contundentes. O brasileiro, com raça, continuou andando para cima, usando os low kicks e mirando alguns golpes na linha de cintura. No fim, por decisão unânime, “Funk Master” venceu e deve ser o próximo desafiante nos galos.

    Todos os destaques do card preliminar

    Fechando o card preliminar, Tatiana Suarez teve um amplo domínio sobre Nina Ansaroff e levou a melhor por decisão unânime. Ainda no cage, a peso-palha desafiou a nova campeã dos palhas Jéssica Bate-Estaca e deve ser a próxima desafiante. Vindo de derrota, a peso-palha Alexa Grasso impôs o seu ritmo e derrotou Karolina Kowalkiewicz por decisão unânime. Com uma bela sequência de jab e direto, Calvin Kattar nocauteou o experiente Ricardo Lamas ainda no primeiro round, em combate válido pelo peso-pena. A estrela chinesa Yan Xiaonan derrotou Angela Hill por decisão unânime e chegou ao quarto triunfo seguido na categoria dos palhas.

    Em confronto sem muita ação e que recebeu vaia dos fãs em Chicago, Darren Stewart derrotou Bevon Lewis por decisão unânime. Após colocar o seu ritmo no primeiro round, Eddie Wineland iniciou o segundo assalto sofrendo alguns golpes de Grigory Popov. No entanto, após se recuperar, o lutador acelerou e conquistou a bela vitória por nocaute. Na abertura do card preliminar,Katlyn Chookagian impôs melhor o seu jogo e derrotou Joanne Calderwood por decisão unânime. A lutadora pediu o title shot nos moscas.

    CONFIRA OS RESULTADOS:

    UFC 238
    United Center, em Chicago (EUA)
    Sábado, 8 de junho de 2019

    Card principal
    Henry Cejudo derrotou Marlon Moraes por nocaute técnico no 3R
    Valentina Shevchenko derrotou Jessica Eye por nocaute no 2R
    Tony Ferguson derrotou Donald Cerrone por nocaute técnico no 2R
    Petr Yan derrotou Jimmie Rivera por decisão unânime dos jurados
    Blagoy Ivanov derrotou Tai Tuivasa por decisão unânime dos jurados

    Card preliminar
    Tatiana Suarez derrotou Nina Ansaroff por decisão unânime dos jurados
    Aljamain Sterling derrotou Pedro Munhoz por decisão unânime dos jurados
    Alexa Grasso derrotou Karolina Kowalkiewicz por decisão unânime dos jurados
    Calvin Kattar derrotou Ricardo Lamas por nocaute técnico no 1R
    Yan Xiaonan derrotou Angela Hill por decisão unânime dos jurados
    Darren Stewart derrotou Bevon Lewis por decisão unânime dos jurados
    Eddie Wineland derrotou Grigory Popov por nocaute no 2R
    Katlyn Chookagian derrotou Joanne Calderwood por decisão unânime dos jurados



    1 COMENTÁRIO

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Comente
    Seu nome