Rafael Lovato bate Mousasi e leva título no Bellator 223; Daley derrota Erick Silva

    Rafael Lovato Jr. derrotou Gegard Mousasi e conquistou o cinturão peso-médio do Bellator (Foto Bellator MMA)

    Realizado no último sábado (22), em Londres, na Inglaterra, o Bellator 223 consagrou um novo campeão peso-médio. Com diversos títulos no Jiu-Jitsu e conhecido por ser o segundo “não-brasileiro” a ser campeão mundial da arte suave na faixa-preta – o primeiro foi BJ Penn -, Rafael Lovato Jr derrotou Gegard Mousasi na decisão majoritária e faturou o cinturão até 84kg da franquia. O americano, vale ressaltar, já tinha o título do evento LFA.

    O card principal da edição ainda contou com Erick Silva em ação. Diante de Paul Daley, o brasileiro mostrou resistência, mas acabou sendo derrotado pelo inglês na decisão unânime dos jurados e, desta forma, amargou seu segundo revés consecutivo no Bellator.

    Lovato Jr vence Mousasi e é o novo campeão

    Como já era esperado, Rafael Lovato Jr colocou em ação sua técnica refinada no Jiu-Jitsu e, nos dois primeiros rounds, foi dominante sobre Gegard Mousasi, que mostrou boa resistência ao não sucumbir às ações do americano nos primeiros dez minutos de luta. Ciente da desvantagem, Mousasi cresceu no duelo a partir do terceiro round e, por cima no solo, aplicou diversos golpes sobre Rafael, um deles, inclusive, abrindo um corte no rosto.

    No quarto round, já nitidamente desgastado, Rafael Lovato não tinha mais a mesma eficiência para conseguir quedas, o que levou Gegard Mousasi a antecipar suas tentativas de derrubar e igualar as ações no confronto. No quinto e decisivo assalto, com muita técnica, Lovato levou a luta para o chão e se manteve por cima, com tentativas de finalização e, ao mesmo tempo, impedindo qualquer ação ofensiva do oponente. Ao fim, um dos árbitros declarou empate, no entanto, outros dois assinalaram vitória de Rafael, novo campeão peso-médio do Bellator e que segue invicto no MMA, com dez vitórias.

    Erick Silva resistiu aos golpes, mas acabou derrotado por Paul Daley (Foto Bellator MMA)

    Erick Silva volta a ser derrotado no Bellator

    Derrotado em sua estreia no Bellator, em fevereiro deste ano, Erick Silva começou o duelo contra Paul Daley – também vindo de revés – disposto a mostrar uma boa impressão e, desta forma, foi superior nos primeiros cinco minutos de luta. O inglês, todavia, voltou melhor no segundo round e, por pouco, não nocauteou o brasileiro nos minutos iniciais da parcial, com os árbitros, inclusive, declarando 10 a 8 para Daley na contagem dos pontos.

    Desta forma, Erick veio pressionado para o último e decisivo assalto e, ciente de que precisava nocautear ou finalizar para sair vitorioso, tentou mostrar resistência, mas novamente viu seu adversário controlar as ações, com bons golpes, um deles uma bela joelhada voadora, que balançou o brasileiro. No fim, triunfo para o inglês por unanimidade.

    RESULTADOS COMPLETOS:

    Bellator 223
    Londres, na Inglaterra
    Sábado, 22 de junho de 2019

    Card principal
    Rafael Lovato Jr derrotou Gegard Mousasi por decisão majoritária dos jurados
    Melvin Manhoef derrotou Kent Kauppinen por decisão unânime dos jurados
    Aaron Chalmers finalizou Fred Freeman com um triângulo no 2R
    Paul Daley derrotou Erick Silva por decisão unânime dos jurados
    James Gallagher derrotou Jeremiah Labiano por decisão unânime dos jurados

    Card preliminar
    Fabian Edwards derrotou Jonathan Bosuku por decisão unânime dos jurados
    Denise Kielholtz derrotou Bryony Tyrell por nocaute técnico no 3R
    Costello van Steenis derrotou Mike Shipman por nocaute no 2R
    Charlie Ward derrotou Justin Moore por nocaute técnico no 2R
    Oliver Enkamp finalizou Walter Gahadza com um mata-leão no 2R
    Charlie Leary derrotou Chris Bungard por decisão unânime dos jurados
    Kate Jackson derrotou Lena Ovchynnikova por nocaute técnico no 1R
    Terry Brazier finalizou Alessandro Botti com um armlock no 3R
    Luke Ord derrotou Nathan Rose por decisão unânime dos jurados
    Alfie Davis derrotou Jorge Kanella por decisão unânime dos jurados
    Justin Burlinson derrotou Wendle Lewis por desistência verbal no 1R
    Galore Bofando derrotou Kevin McCabe por decisão unânime dos jurados
    Kevin Fryer derrotou John Redmond por decisão dividida dos jurados
    Frans Mlambo finalizou Nathan Greyson com um triângulo de braço no 2R

    1 COMENTÁRIO

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Comente
    Seu nome