‘Eu era o grande azarão’, diz Lovato após derrotar Mousasi e conquistar cinturão peso-médio do Bellator

    No último sábado (22), em Londres (ING), Rafael Lovato Jr impressionou o mundo do MMA ao derrotar Gegard Mousasi por decisão majoritária na luta principal do Bellator 223. Além do grande triunfo, o faixa-preta de Jiu-Jitsu conquistou o almejado cinturão peso-médio da organização. Em entrevista coletiva, ainda na arena britânica após o evento, o novo campeão comentou a emoção da conquista e a batalha de cinco rounds.

    “É surreal. Eu sempre imaginei ter uma luta como essa, uma guerra completa, chegando ao limite, trazendo o melhor de mim. Foi a melhor maneira de lutar contra uma lenda como essa. Eu era o grande azarão. Algumas pessoas acreditaram em mim… E conseguimos”, comentou o lutador, que não descarta a possibilidade de uma revanche imediata.

    “Se é isso que eles querem fazer, eu não posso fazer nada. Foi uma luta extremamente apertada e é o Mousasi. Foi um treinamento de sete meses muito pesado”, destacou.

    Lovato já conquistou todos os grandes títulos do circuito mundial do Jiu-Jitsu e também chegou a ser campeão de MMA no LFA. Sobre o cinturão do Bellator, o lutador fez um breve comentário dos seus próximos passos: “Neste momento, a missão é manter essa coisa no meu ombro e em volta da minha cintura o maior tempo possível. Trabalhamos a vida inteira para isso e quero continuar aproveitando o momento ainda mais”, concluiu.

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Comente
    Seu nome