Ferguson comenta drama vivido no começo de 2019 e ataca agente de Khabib: ‘Guerreiro de Twitter’

por: TATAME | @tatameofficial
Publicado em 06/06/2019

publicidade

Invicto há 11 lutas, Tony Ferguson viveu momentos conturbados nos últimos meses. O lutador viu sua esposa pedir uma medida protetiva para a polícia da Califórnia (EUA) por comportamentos “estranhos” e alguns “surtos”. Recuperado, “El Cucuy” volta ao cage neste sábado (8) para encarar Donald Cerrone no UFC 238, em Chicago (EUA). Em conversa com a imprensa, o lutador disse que não passou pela sua cabeça abandonar o MMA.

“Nem mesmo uma vez me passou pela cabeça (abandonar o MMA). Eu estou aqui desde o The Ultimate Fighter em 2011, mesmo antes de ter minha primeira derrota, conheci minha esposa. Se coisas boas e ruins aconteceram, você tem que olhar para o lado bom das coisas e minha fé me mantém tão forte que você não faz ideia. Agradeço a Deus todos os dias e agradeço à minha família. Fé, família, amigos, eu quero agradecer à mídia também, eu sei que eu tenho sido um babaca no passado, eu ainda sou um idiota, mas nós estamos aqui para fazer negócios; Vamos em frente”, desabafou o lutador.

Conhecido por sua língua afiada, Ferguson em diversas vezes trocou farpas com o agente Ali Abdelaziz, que gerencia, por exemplo, a carreira de Khabib Nurmagomedov, um dos maiores desafetos de “El Cucuy”. O lutador foi breve ao falar do empresário: “Isso é um guerreiro do Twitter, eu entendo. Ele não é um lutador, ele é um gerente”, disparou Tony.

Já quando foi indagado sobre a decisão de Dana White, presidente do UFC, que o destituiu do posto de campeão interino dos leves, Ferguson alterou o tom. O lutador de origem latina citou os problemas físicos de Robert Whittaker, campeão dos médios, e disse que não foi tomada uma atitude semelhante por parte do Ultimate com o australiano.

“Sério, direto, você pode tentar o seu melhor para ganhar o título. Eu ganhei o título. Isso foi tirado de mim, um cara como Robert Whittaker se machucou da mesma maneira. Há política nessa me***. Eu tenho um troféu do Ultimate Fighter, que dificilmente qualquer um desses caras que estão segurando um cinturão têm. Eu tenho um cinturão”, apontou.

CARD COMPLETO:

UFC 238
United Center, em Chicago (EUA)
Sábado, 8 de junho de 2019

Card principal
Peso-galo: Henry Cejudo x Marlon Moraes
Peso-mosca: Valentina Shevchenko x Jessica Eye
Peso-leve: Tony Ferguson x Donald Cerrone
Peso-galo: Jimmie Rivera x Petr Yan
Peso-pesado: Tai Tuivasa x Blagoy Ivanov

Card preliminar
Peso-palha: Tatiana Suarez x Nina Ansaroff
Peso-galo: Aljamain Sterling x Pedro Munhoz
Peso-palha: Karolina Kowalkiewicz x Alexa Grasso
Peso-pena: Ricardo Lamas x Calvin Kattar
Peso-palha: Yan Xiaonan x Angela Hill
Peso-médio: Bevon Lewis x Darren Stewart
Peso-galo: Eddie Wineland x Grigory Popov
Peso-mosca: Katlyn Chookagian x Joanne Calderwood

Veja também

publicidade

publicidade

Newsletter

Assine nossa Newsletter e receba notícias e novidades em primeira mão

publicidade