Paulo Miyao abre o jogo, fala de relação com irmão, religião e muito mais; assista

por: TATAME | @tatameofficial
Publicado em 14/06/2019
Paulo Miyao abre o jogo, fala de relação com irmão, religião e muito mais; assista

publicidade

Conhecido por ser um homem de poucas palavras, o multicampeão Paulo Miyao vem, com o tempo, mostrando uma personalidade mais aberta, seja nas redes sociais ou em entrevistas. Recentemente, o faixa-preta apareceu em um longo bate-papo no canal do YouTube “Art of Jiu-Jitsu”, academia liderada pelos irmãos Rafael e Guilherme Mendes.

Durante a conversa, Paulo abriu o jogo como em poucas vezes durante sua carreira e, entre diversos assuntos, comentou sobre a relação especial que tem com seu irmão, João Miyao, e o sentimento de vê-lo campeão mundial pela primeira vez na faixa-preta.

“O João me ajuda muito, e eu fico muito feliz por ele. Eu não penso que eu ofusco ele ou ele me ofusca, porque a gente sempre cria as coisas diferentes juntos. Eu sofro muito quando ele perde… Teve o exemplo do Brasileiro, que eu vi o cara (Alexssandro Sodré) passar a guarda dele duas vezes antes de entrar no tatame, e entrei muito desligado. Não é desculpa para a minha derrota, méritos do meu adversário (Isaac Doederlein), mas aquela experiência me marcou bastante, porque eu não pensei que isso ia acontecer comigo. Ver ele sofrer como sofreu depois daquela luta e, logo em seguida, eu ter que entrar no mesmo tatame, foi uma experiência bem amarga. Mas para mim é uma benção tê-lo ao meu lado. Nos ajudamos muito e, ajudar ele, pra mim, é como se eu estivesse me ajudando. Sem ele eu não teria chegado aonde cheguei”, revela Paulo em um dos trechos.

Outros temas destacados pelo Miyao foram a mentalidade de um campeão, onde ele cita os exemplos de Nicholas Meregali e Levi Jones, como lidar com as adversidades, religião, etc.

Confira a entrevista abaixo:

Veja também

publicidade

publicidade

Newsletter

Assine nossa Newsletter e receba notícias e novidades em primeira mão

publicidade