Escola Pública da Zona Norte do Rio que oferece Jiu-Jitsu aos alunos vira modelo para a secretaria de educação

    Colégio Estadual Dom Hélder Câmara teve seu novo dojô inaugurado (Foto: Divulgação)

    Escola modelo na implantação do Jiu-Jitsu como atividade extracurricular de alunos e ex-alunos, o Colégio Estadual Dom Hélder Câmara, localizado no bairro do Engenho de Dentro, Zona Norte do Rio de Janeiro, inaugurou na última segunda-feira (8) o seu novo dojô, modernizado graças à parceria entre Legião da Boa Vontade, Super Rádio Brasil, Prime Esportes e Boomboxe. Além disso, foram entregues novos quimonos e foi firmada uma parceria para que a equipe dispute campeonatos da FJJD-Rio.

    Subsecretário administrativo da Secretaria de Estado de Educação, o professor Alan Marques exaltou a iniciativa da direção do colégio, destacou que o órgão está contente com o trabalho desenvolvido e mostrou-se empolgado para levar a ideia para outras escolas do estado, tudo isso com o apoio do Secretário de Educação, Pedro Fernandes, que também é praticante de Jiu-Jitsu.

    “O projeto é lindo, é fantástico. É um projeto que tem que receber todo o investimento possível. Conheço essa escola em especial, fui diretor regional e de fato esse projeto trouxe muitos benefícios. A escola abraçou o projeto. Projeto feito por profissionais sérios, que merecem todo o apoio da secretaria. E realmente nosso secretario está imbuído em tocar esse projeto. É um dever de casa, é abraçar e fazer com que de fato vá à frente”, frisou.

    As aulas são lideradas pelo ex-aluno do colégio Caio Cordeiro, faixa-preta da Eddy North Fight, e tem total apoio da diretora do colégio, Eliane Maria da Silva Bastos, da diretora regional, Elizangela de Lima Silva e, claro, dos alunos, que abraçaram o projeto. Uma dessas alunas é a faixa-branca Ingrid Helena, de 19 anos. Mesmo tendo se formado no ensino médio e passado para o curso de Ciências Sociais da UFRJ, ela segue frequentando as aulas de Jiu-Jitsu na cobertura do colégio, e não é por acaso.

    “Eu tenho problemas respiratórios, então no início passei muito perrengue durante os ‘rolas’, sempre tive uma dificuldade muito grande para desenvolver atividades físicas até o final, pois ficava muito exausta, com muita falta de ar. Através do Jiu-Jitsu, além da preparação física na Active Sports, que nos auxilia, hoje eu tenho plenas condições de me desafiar nos campeonatos, onde chego a fazer três lutas no mesmo dia”, relatou.

    A inauguração da nova área de lutas do colégio contou com a benção do padre Mazine, da Paróquia São Benedito,, que associou as benfeitorias do bispo católico Dom Hélder Câmara, que dá nome ao local, aos objetivos do projeto social.

    “Parabéns à escola Dom Hélder Câmara por esse espaço. Dom Hélder foi um homem que lutou muito pelo próximo, que se entregava inteiramente a obras sociais, ao bem do outro. E esse projeto, assim como o Dom Hélder, ajudem os nossos jovens a buscarem o caminho certo, a fugirem das drogas, do mal, e procurarem o bem do corpo e da alma. Parabéns ao colégio e à diretora Eliane por tudo que fazem aqui.”

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Comente
    Seu nome