Aline Silva leva prata no Yasar Dogu e Wrestling brasileiro segue preparação para os Jogos Pan-Americanos

Publicado em 16/07/2019 por: Nilmon
Aline Silva leva prata no Yasar Dogu e Wrestling brasileiro segue preparação para os Jogos Pan-Americanos

publicidade

O Wrestling brasileiro encerrou no último domingo (14) a preparação europeia para os Jogos Pan-Americanos de Lima com mais um pódio. Aline Silva conquistou a medalha de prata na categoria até 76kg no Yasar Dogu 2019, em Istambul, na Turquia. No total, a delegação nacional ficou 12 dias na Europa entre a disputa do Grand Prix de Madri, na Espanha, o camp de treinamento internacional, também na capital espanhola, e o Torneio Internacional Yasar Dogu, na Turquia. Além das medalhas de Aline, prata no torneio turco e no Grand Prix de Madri, a equipe nacional subiu ao pódio com Giullia Penalber até 57kg e Lais Nunes até 62kg, ambas medalhistas de bronze no evento da capital espanhola.

“O intercâmbio em forma de torneios e treinos é fundamental para conhecermos nossos adversários, identificarmos os erros e testar novos movimentos. A equipe aproveitou bastante tanto os torneios quanto o camp de treinamento, e agora é voltar ao Brasil para a fase final de polimento e ajustes para os Jogos Pan-Americanos de Lima”, afirmou Roberto Leitão, Superintendente da Confederação Brasileira de Wrestling e chefe de equipe da delegação durante a viagem na Europa e nos Jogos Pan-Americanos 2019.

Sete dos nove atletas que vão representar o país em Lima estiveram na preparação. No estilo greco-romano, Joilson Júnior até 67kg e Angelo Moreira até 77kg. Já no Wrestling feminino, Kamila Barbosa até 50kg, Camila Fama até 53kg, Giullia Penalber até 57kg, Lais Nunes até 62kg e Aline Silva até 76kg. Depois de dois anos com lesões que a afastaram dos tapetes, Aline não escondeu a felicidade de voltar a competir em alto nível e de lutar de igual para igual com as principais adversárias. No Yasar Dogu, Aline só foi batida na final pela canadense campeã dos Jogos Olímpicos, Erica Wiebe, pelo placar de 2 a 1.

“É muito bom voltar e conquistar duas medalhas nos dois torneios em que lutei. Ainda não estou no lugar do pódio que quero, mas sei que tenho que ir um passo de cada vez. O primeiro objetivo está logo aí, que são os Jogos Pan-Americanos de Lima, onde vamos ter as principais atletas da categoria. Depois o Mundial no Cazaquistão que vale vaga para os Jogos Olímpicos de Tóquio 2020. Neste momento, só quero agradecer a todos que torcem por mim”, frisou Aline, duas vezes medalhista dos Jogos Pan-Americanos, em 2011 e 2015.

Daniel Nascimento no Irã

Enquanto parte da equipe regressa ao Brasil, Daniel Nascimento, da categoria até 57kg, segue preparação no Irã. O amazonense permanece em Teerã, capital iraniana, até a próxima semana quando regressa ao país. Já Antoine Joaude, da categoria até 125kg, segue a rotina de treinos no Rio de Janeiro. Os nove atletas se reúnem no dia 4 de agosto, quando viajam para Lima e competem de 7 a 10 de agosto nos Jogos Pan-Americanos.

Veja também

publicidade

publicidade

Newsletter

Assine nossa Newsletter e receba notícias e novidades em primeira mão

publicidade