Bruno Bastos garante título sem quimono no American National e festeja crescimento da sua equipe

Publicado em 05/07/2019 por: Nilmon

publicidade

Bruno Bastos, hoje aos 39 anos, é o homem responsável por propagar o Jiu-Jitsu em Midland, no Texas, Estados Unidos, e a cada ano o seu time fica ainda mais forte. Recentemente, no dia 22 de junho, o time de Bruno foi campeão do Kids International da IBJJF, com 281 pontos, 100 à frente do segundo colocado. O torneio, realizado em Houston (EUA), teve equipes competitivas como Gracie Barra, Atos e GFTeam no páreo.

Em papo, Bruno, que ainda concilia a carreira de atleta com a de professor e empresário, explicou o motivo de ter tanto sucesso com sua equipe, especialmente nas faixas coloridas, parte importante na formação de um praticante, seja ele competidor ou não.

“Além de amar o nosso trabalho, é entender que as crianças não são atletas. Não são mini-adultos. Elas estão em fase de desenvolvimento motor e psicológico. Dentro disso, é saber trabalhar no intuito de desenvolver senso de disciplina, responsabilidade e mentalidade vencedora de forma saudável. Nosso trabalho funciona nessa linha e tem gerado bons frutos com as crianças e adolescentes. Eu e minha esposa somos muito sinceros com as crianças e fazemos questão de ter boa e transparente comunicação com os pais. Isso ajuda a criar um ambiente, uma cultura de excelência. Grande parte do sucesso que temos vem do apoio que os pais dão aos seus filhos, eles fazem parte da base”, disse Bruno.

Sobre o futuro dos seus atletas, Bruno frisou que o primeiro objetivo é torná-los bons faixas-preta. “Quero que todos sejam faixas-preta, pois sei como o Jiu-Jitsu será importante, não somente no desenvolvimento deles para se tornarem adultos, mas também na manutenção da vida em si, independente do campo escolhido. Quando eles passam para o juvenil, é normal pedirem conselhos e eu explicar o que o Jiu-Jitsu pode proporcionar como profissão. Jiu-Jitsu é muito amplo e vai além de medalhas”, analisou.

Além de dominar a arte de ensinar Jiu-Jitsu, o professor Bruno prova, na prática, que toda a técnica passada nas aulas funciona, de fato, nas competições. No último fim de semana, por exemplo, o faixa-preta foi campeão sem quimono no American National da IBJJF.

“Fui campeão com duas lutas no pesadíssimo master 2 , venci nas vantagens mantendo o controle o tempo todo. Além de acompanhar meu time e alunos, pude lutar e, mais uma vez, mostrar para eles que todo treino duro gera resultado. Isso foi o mais importante”.

Veja também

publicidade

Mais lidas

publicidade

Newsletter

Assine nossa Newsletter e receba notícias e novidades em primeira mão

publicidade