Dana explica veto a St-Pierre x Khabib e dispara contra GSP: ‘Não seguiu acordo’

Publicado em 18/07/2019 por: Nilmon
Dana explica veto a St-Pierre x Khabib e dispara contra GSP: ‘Não seguiu acordo’ Presidente Dana White confirmou o cancelamento do UFC 249 e o adiamento das próximas edições (Foto Chris Unger / DWCS LLC)

publicidade

Ex-campeão dos meio-médios e dos médios, Georges St-Pierre decidiu se aposentar pela segunda vez no começo deste ano. O canadense, aos 38 anos, disse na época que tentou de todas as formas uma luta contra o campeão dos leves Khabib Nurmagomedov, mas o UFC tinha “outros planos”. GSP citou esse embate como primordial para aumentar seu legado dentro do esporte, com a chance de conquistar o terceiro cinturão do Ultimate.

Em entrevista ao canal TSN, Dana White, presidente do UFC, revelou o motivo de ter “vetado” este confronto entre GSP e Khabib: “St-Pierre e eu tínhamos um acordo, ele ia lutar contra Michael (Bisping) nos médios e, se ele ganhasse, iria defender o título. Ele desistiu disso. Não fez. Então, você não pode sair e escolher as lutas que deseja para os títulos. Ele entrou e viu o Bisping como uma luta fácil. Ele lutou com Bisping e depois olhou para os caras que estavam na lista de espera e todos eles são assassinos”, falou Dana.

Assim que conquistou o cinturão dos médios, GSP foi diagnosticado com colite ulcerosa, uma enfermidade inflamatória crônica do intestino grosso, que ocasiona úlceras na camada interna do cólon. O staff do canadense apontou na época para o “processo de engorda” feito para lutar na divisão até 84kg. Ele é, naturalmente, um lutador dos meio-médios (até 77kg). Meses depois, St-Pierre abriu mão do cinturão sem realizar nenhuma defesa.

Khabib, por sua vez, já afirmou no passado que gostaria de enfrentar St-Pierre. Dana, então, comentou que se o russo “forçasse muito” poderia pensar, mas citou a quantidade de lutadores que estão pleiteando o title shot no peso leve, como Conor McGregor.

“Se Khabib, o campeão, quisesse muito, nós teríamos que conversar sobre isso, mas no fim do dia, não faz sentido pra mim. Há outros caras esperando sua chance. Você não pode sair da aposentadoria e escolher quais lutas você quer, quando você nem ao menos manteve sua palavra de defender o cinturão dos médios uma vez”, concluiu Dana White.

Veja também

publicidade

Mais lidas

publicidade

Newsletter

Assine nossa Newsletter e receba notícias e novidades em primeira mão

publicidade