De volta ao peso mosca, Sarah Frota busca primeira vitória no UFC e revela lição: ‘Respeitar os limites do corpo’

Publicado em 27/07/2019 por: Nilmon
De volta ao peso mosca, Sarah Frota busca primeira vitória no UFC e revela lição: ‘Respeitar os limites do corpo’

publicidade

Sarah Frota chegou ao UFC com um cartel impecável. Invicta no MMA, ela foi convocada para lutar no “Contender Series Brasil”, onde anotou sua nona vitória seguida e acabou assinando contrato com o maior evento de MMA do mundo. Mas sua estreia no octógono acabou não saindo como o esperado. Atuando na categoria peso palha (até 52kg), ela teve problemas com a balança e foi superada na decisão dividida por Livinha Souza no UFC Fortaleza, realizado em fevereiro. De volta ao peso mosca (até 57kg), Sarah vai em busca da sua primeira vitória no Ultimate neste sábado (27), quando encara a canadense Gillian Robertson pelo card preliminar do UFC 240, que acontece em Edmonton, no Canadá.

“Os meus treinos foram incríveis! Fiz um camp perfeito, incluindo estratégia e corte de peso. Sei que ela é uma grappler eficiente, rápida e com um bom gás. Acredito que vamos trocar um pouco e ela vai tentar levar a luta para o chão. Acho que será uma luta mais agarrada do que as minhas últimas, mas estou preparada para qualquer situação, seja na trocação ou no solo”, disse Sarah “A Treta”, projetando um combate acirrado com Gillian.

A atleta da Astra Fight Team conquistou sua chance no UFC atuando na categoria peso palha. Mas em sua estreia pela organização americana, ela falhou ao subir na balança, ficando acima do limite permitido. Agora de volta à sua divisão de origem, Sarah Frota revela ter aprendido algumas lições em seu primeiro revés, e garante que isso a ajudou.

“A minha derrota na estreia me mostrou que eu não devo mais passar por cima dos limites do meu corpo, e que luta se ganha na academia e não nas redes sociais. Foi uma lição importante, pois me fez repensar toda a minha vida e carreira, e isso me tornou uma atleta mais madura e profissional. Meu peso sempre foi o mosca. Tentei o palha, mas essa categoria de peso não condiz com o meu biotipo. Então, prefiro estar bem física e psicologicamente, pois assim consigo dar o meu melhor dentro do octógono”, concluiu.

CARD COMPLETO:

UFC 240
Edmonton, no Canadá 
Sábado, 27 de julho de 2019

Card principal
Peso-pena: Max Holloway x Frankie Edgar
Peso-pena: Cris Cyborg x Felicia Spencer
Peso-meio-médio: Geoff Neal x Niko Price
Peso-leve: Olivier Aubin-Mercier x Arman Tsarukyan
Peso-médio: Marc-Andre Barriault x Krzysztof Jotko

Card preliminar
Peso-mosca: Alexis Davis x Viviane Araújo
Peso-pena: Hakeem Dawodu x Yoshinori Horie
Peso-pena: Gavin Tucker x Seung Woo Choi
Peso-mosca: Alexandre Pantoja x Deiveson Figueiredo
Peso-mosca: Sarah Frota x Gillian Robertson
Peso-leve: Erik Koch x Kyle Stewart

Veja também

publicidade

Mais lidas

publicidade

Instagram
Newsletter

Assine nossa Newsletter e receba notícias e novidades em primeira mão

publicidade