Disputa de título com Holloway x Edgar e possível despedida de Cris Cyborg agitam o UFC 240; siga

Publicado em 27/07/2019 por: Nilmon
Disputa de título com Holloway x Edgar e possível despedida de Cris Cyborg agitam o UFC 240; siga

publicidade

O Ultimate realiza, neste sábado (27), mais um card de peso para os fãs de MMA. A cidade de Edmonton, no Canadá, recebe o UFC 240, que na luta principal traz a disputa de cinturão peso-pena entre o campeão Max Holloway e o desafiante Frankie Edgar. No co-main event, em sua última luta no atual contrato com a organização, Cris Cyborg encara a invicta Felicia Spencer. O evento está previsto para começar às 20h (de Brasília).

O UFC 240 ainda contará com os brasileiros Viviane Araújo, Sarah Frota, além de Alexandre Pantoja e Deiveson Figueiredo, que se enfrentam na divisão dos moscas. O peso-pesado Giácomo Lemos, vale ressaltar, faria sua estreia pelo UFC na edição, mas foi flagrado em um exame antidoping e teve seu combate contra Tanner Boser cancelado.


Holloway e Edgar prometem grande duelo

Após se aventurar na divisão dos leves, Max Holloway volta a colocar o cinturão peso-pena em jogo. Esta será a terceira vez que o havaiano de 27 anos defende seu título. Nas duas ocasiões anteriores, derrotou o ex-campeão José Aldo e o americano Brian Ortega. Em abril, subiu para os leves tentando ser “campeão duplo”, mas foi derrotado por Dustin Poirier. Por sinal, esta também é a terceira vez que Holloway tem uma luta marcada contra Edgar. Os dois deveriam ter se enfrentado em dezembro de 2017, no UFC 218, e em março de 2018, no UFC 222, mas lesões dos dois lados forçaram o adiamento do duelo.

Aos 37 anos, Frankie Edgar terá a sua terceira chance de conquistar um segundo cinturão do UFC, já que ostentou o título dos leves durante um breve período em sua longa trajetória na organização – são mais de 12 anos. Nas duas oportunidades que teve de se tornar campeão nos penas, foi derrotado pelo na época “rei” da categoria José Aldo.

Cyborg encara a invicta Felicia Spencer

A ex-campeã peso-pena está de volta. Cris Cyborg retorna ao octógono depois de perder seu cinturão para Amanda Nunes no final de 2018. A brasileira enfrenta a canadense Felicia Spencer, ex-dona do título peso-pena do Invicta FC. Antes de perder o título para a “Leoa”, Cris somava 20 vitórias seguidas, sendo 17 por nocaute. Considerada uma das maiores atletas de MMA do mundo, a paranaense já manifestou seu desejo de encerrar a carreira no esporte e partir para outros voos, como o Boxe. A luta deste sábado, vale lembrar, será a última do seu contrato atual com o Ultimate e uma renovação parece improvável.

Duelo contra Spencer pode ser o último de Cyborg no Ultimate (Foto Getty Images / UFC)

Invicta, Felicia fez sua estreia no UFC em maio deste ano, quando surpreendeu e finalizou Megan Anderson ainda no primeiro round. Logo após a vitória, Cris Cyborg usou seu perfil no Twitter e desafiou a canadense para um confronto no UFC 240. A provocação se mostrou certeira e as duas se enfrentam no Rogers Place com promessa de grande luta.

Outros quatro brasileiros entram em ação

Depois uma estreia impressionante – quando aceitou enfrentar a compatriota Talita Bernardo com apenas quatro dias de antecedência e venceu por nocaute no terceiro round -, Viviane Araújo retorna ao octógono mais famoso do mundo. A brasiliense, que fez sua primeira luta no UFC na divisão peso galo e é a atual número 15 da categoria, agora desce para o peso mosca. Sua adversária será a canadense Alexis Davis, sétima na divisão, que vem derrotas para Katlyn Chookagian e Jennifer Maia, ambas por decisão unânime.

Pantoja e Deiveson fazem o duelo brasileiro do evento (Foto Getty Images / UFC)

Um embate entre brasileiros também é destaque no card do UFC 240. Alexandre Pantoja e Deiveson Figueiredo, terceiro e quarto do ranking peso-mosca, respectivamente, se enfrentam de olho na vaga de próximo desafiante ao cinturão do campeão Henry Cejudo. Pantoja vive grande fase no UFC, com três vitórias seguidas, sendo a última sobre o ex-desafiante ao título e compatriota Wilson Reis. Já o paraense Deiveson Figueiredo estava invicto na carreira até ser derrotado por Jussier Formiga, em março passado.

Ainda na edição, Sarah Frota retorna à sua categoria de origem, o peso mosca, onde venceu oito das suas nove lutas. Contratada após participar do “Contender Series Brasil”, “A Treta” fez sua estreia no UFC na divisão peso palha no UFC Fortaleza, em fevereiro. Até então invicta, ela enfrentou a compatriota Livinha Souza, mas foi derrotada por decisão dividida. A brasileira vai pegar a canadense Gillian Robertson, que também vem de vitória.

RESULTADOS COMPLETOS:

UFC 240
Edmonton, no Canadá 
Sábado, 27 de julho de 2019

Card principal
Max Holloway derrotou Frankie Edgar por decisão unânime dos jurados
Cris Cyborg derrotou Felicia Spencer por decisão unânime dos jurados
Geoff Neal derrotou Niko Price por nocaute técnico no 2R
Arman Tsarukyan derrotou Olivier Aubin-Mercier por decisão unânime dos jurados
Krzysztof Jotko derrotou Marc-Andre Barriault por decisão unânime dos jurados

Card preliminar
Viviane Araújo derrotou Alexis Davis por decisão unânime dos jurados
Hakeem Dawodu derrotou Yoshinori Horie por nocaute técnico no 3R
Gavin Tucker finalizou Seung Woo Choi com um mata-leão no 3R
Deiveson Figueiredo derrotou Alexandre Pantoja por decisão unânime dos jurados
Gillian Robertson derrotou Sarah Frota por nocaute técnico no 2R
Erik Koch derrotou Kyle Stewart por decisão unânime dos jurados

Veja também

publicidade

Mais lidas

publicidade

Newsletter

Assine nossa Newsletter e receba notícias e novidades em primeira mão

publicidade