Juliana Velasquez pede disputa de cinturão após vitória no Bellator 224 e garante: ‘A minha hora chegou’

Publicado em 19/07/2019 por: Nilmon
Juliana Velasquez pede disputa de cinturão após vitória no Bellator 224 e garante: ‘A minha hora chegou’

publicidade

Por Diogo Santarém

“Minha hora chegou”. Invicta no MMA com nove triunfos, quatro deles conquistados no Bellator, a brasileira Juliana Velasquez acredita que, enfim, chegou sua hora de disputar o cinturão peso-mosca da organização, hoje em posse de Ilima-Lei Macfarlane.

Aos 32 anos de idade, a ex-judoca vem de vitória por nocaute técnico sobre Kristina Williams, no último dia 12 de julho, pelo Bellator 224. Em alta, Juliana conversou com a TATAME e, em entrevista, garantiu que está pronta para lutar pelo título dos moscas.

“Minha hora chegou. A campeã tem um jogo muito sólido de solo, mas meu próximo passo é treinar e ir atrás do cinturão. Penso e trabalho diariamente pra que isso aconteça”, disse.

O nocaute técnico em Kristina veio no segundo round, após domínio de Juliana até então. Oriunda do Judô, ela vem trabalhando cada vez mais na sua evolução técnica e mental, e destacou a estratégia para vencer no Bellator 224: dominar o jogo em todas as áreas.

“Eu entrei com muita vontade de ganhar. Sentia que depois dessa vitória eu ia ter a chance de lutar pelo cinturão. Como já disse, minha estratégia é estar pronta em todas as áreas, e no decorrer da luta eu vejo qual é a melhor opção. A luta é uma caixinha de surpresas, às vezes nos preparamos para uma coisa, mas na hora acontece tudo diferente. A minha análise da luta foi muito positiva, não imaginava ter terminado na trocaçao (risos), porém, minha evolução está sendo constante, tanto na parte técnica quanto na psicológica”.

Ainda sem uma confirmação oficial da disputa de título por parte do Bellator, Juliana espera retornar aos cages até o fim do ano. Antes, ela vai acompanhar a equipe brasileira de Judô nos Jogos Pan-Americanos de Lima, entre os dias 26 de julho e 11 de agosto, no Peru.

“Acompanho sempre. Faço questão de acompanhar os meus amigos e torcer muito por eles. Tenho certeza que eles vão representar lindamente nos Jogos Pan-Americanos! Estarei aqui na torcida por todos eles”, encerrou a representante da equipe Team Nogueira.

Veja também

publicidade

Mais lidas

publicidade

Newsletter

Assine nossa Newsletter e receba notícias e novidades em primeira mão

publicidade