‘Fora da zona de conforto’, Léo Silva projeta vitória em primeiro duelo como faixa-preta no F2W: ‘Estou confiante’

Publicado em 30/08/2019 por: Diogo Santarém
‘Fora da zona de conforto’, Léo Silva projeta vitória em primeiro duelo como faixa-preta no F2W: ‘Estou confiante’ Leonardo Silva, 25 anos, vai fazer sua primeira luta na faixa-preta nesta sexta-feira (Foto Vitor Freitas)

publicidade

Leonardo Silva, 25 anos, vai fazer sua primeira luta como faixa-preta nesta sexta-feira (30), em Sacramento, na Califórnia (EUA). Pelo F2W  123, o atleta da GFTeam mede forças contra Breno Bittencourt, que representa a Ares BJJ e tem 50 lutas na faixa-preta, com 30 vitórias e 20 derrotas – de acordo com o site BJJ Heroes.

O duelo terá duração de 10 minutos, sem pontos e valendo só a finalização, e antes do embate, Léo analisou seu adversário e revelou o que não pode fazer de errado durante a luta contra Breno.

“Ouvi dizer que ele é um cara duro e respeitado. Ele tem uma carreira vitoriosa na faixa-preta. Vai ser uma grande luta e vou dar o meu melhor para representar meu time e prestigiar todos que forem ao ginásio ver o torneio. O erro que não se pode cometer numa luta sem pontos é você se apoiar nessa parada de não ter pontos, relaxar e buscar a finalização só no final. Você tem que buscar as posições, independente se tem pontos ou não, ser bem agressivo nas posições e uma hora ter o controle do adversário. De tanto ele se defender ele vai abrir brechas, uma brecha para você poder finalizar. Tem que procurar o espaço entre passagens e raspagens para finalizar”, projetou o aluno do casca-grossa Gutemberg Pereira.

Com menos de um mês de faixa-preta, o jovem carioca está confiante para o seu primeiro desafio na elite do esporte, e garantiu que o pouco tempo entre os “tubarões” do Jiu-Jitsu não será um problema.

“Tenho treinado bastante fora da minha zona de conforto. Agora treino bastante por cima e por baixo, para não ter nenhum ponto fraco no meu jogo. Na minha escola tenho um ambiente muito bom, com atletas duros que conquistaram os maiores títulos do esporte. Eu fico confiante porque treino com atletas bons e minha mente fica mais forte por conta disso. Estou confiante para mostrar o que tenho aprendido”, contou.

Veja um pouco do estilo de Léo no Jiu-Jitsu:

Veja também

publicidade

Mais lidas

publicidade

Newsletter

Assine nossa Newsletter e receba notícias e novidades em primeira mão

publicidade