Grande evento na Arena Corinthians celebra um ano da gestão de David Hudson no SFT; confira

por: TATAME | @tatameofficial
Publicado em 29/08/2019
Grande evento na Arena Corinthians celebra um ano da gestão de David Hudson no SFT; confira SFT 15 será realizado neste sábado, na Arena Corinthians, com expectativa de grande evento (Foto: Divulgação)

publicidade

A organização do SFT tem motivos de sobra para celebrar. Com um trabalho bem feito, a franquia vem em constante evolução no cenário do MMA em razão dos seus últimos eventos e prova disso é que sua 15ª edição, marcada para este sábado (31), acontecerá na moderna Arena Corinthias, no bairro de Itaquera, Zona Leste de São Paulo, que sediará um evento da modalidade pela primeira vez.

Na luta principal, Renê Soldado, dono de um cartel com 20 vitórias e cinco derrotas, retorna ao SFT para encarar o ex-Bellator André Chatuba, que em sua trajetória no esporte acumula 38 triunfos e 11 reveses. Os dois são considerados especialistas na arte suave dentro do MMA: enquanto Soldado soma 16 finalizações, Chatuba acumula 22.

No co-main event, Leonardo Buakaw e João Samurai, ambos lutadores com duas vitórias na organização, ficam frente a frente e, quem triunfar, vai enfrentar Wanderley Mexicano pelo título peso-galo. Outros destaques ficam para os duelos entre Everton Ungido e Marcos Marajó, Camila dos Santos x Ruth Ravena e Washington Nunes x Rolando Betoya, que também serão realizados no card principal.

Outro motivo de celebração fica por conta do presidente David Hudson, que completa um ano à frente do SFT. Responsável por promover diversas mudanças e inovações na gestão da franquia desde que assumiu, o mandatário fez um balanço das realizações feitas a partir do momento em que se tornou o “mandachuva” da companhia que se tornou uma das grandes referências do MMA nacional.

“Está sendo incrível esse período de um ano que estou no SFT. Quando eu vim no SFT 4 para visitar, eu nunca pensei que daquele dia em diante, eu dedicaria minha vida a isso. Eu não sou do esporte, nunca assistia MMA antes, e acho que uma das grandes diferenças para o nosso sucesso é que eu não sou do mundo da luta, mas hoje em dia eu amo o que faço. Tem um ditado que é ‘pense fora da caixinha’. Eu nunca pensei dentro da caixa, esse é o segredo. O meu ponto de vista era pensar em como atrair pessoas como eu ao MMA, que não acompanhavam o esporte. Eu achava muito errada a forma como o MMA era feito no Brasil. Eu não iria ao SFT da forma como ele era organizado antes. Procurei mudar diversas coisas, como respeitar o MMA amador, que é o futuro do esporte. Respeitar as mulheres no MMA, por isso criei o evento ‘Outubro Rosa’ no SFT, que deu muito certo e que esse ano estamos pensando em fazer novamente, com ainda mais novidades. Fizemos o desafio São Paulo x Rio de Janeiro, que serviu para ‘quebrar’ esse negócio de equipes. O MMA no Brasil nunca vai dar certo se o pessoal só vai ao evento para assistir integrante da equipe dele e era isso que eu vinha notando no começo. O pessoal vinha, assistia uma luta que o interessava e ia embora. Com esse desafio SP x RJ e também Brasil x México posteriormente, conseguimos trazer um modelo incrível de interação com o público, foi um grande sucesso.

Temos que pensar em favorecer o atleta. Sem o atleta, não há futuro. Temos que criar grandes ídolos e é por isso que investimos muitos nos atletas, inclusive nas redes sociais. Outra inovação do SFT foi o ‘SemiPro’, que é um atleta amador pronto para se tornar profissional, onde as regras são um pouco diferentes. Respeitamos todos os lutadores, procuramos sempre visitar as academias, estar próximos deles. O SFT se tornou um evento para a família, um grande show, não é mais apenas um evento de MMA. Criamos interações para crianças, adultos, todos têm espaço. Colocamos setores/lugares que são muito próximos ao cage, o que torna a experiência do fã inesquecível, temos DJ para tornar o ambiente mais agradável. Estamos crescendo, ganhando visibilidade fora do Brasil, com um ibope em constante crescimento. Para esse próximo evento, na Arena Corinthians, as perspectivas são enormes, sem dúvida, vai ser um dos grandes eventos na história do MMA no Brasil. Vai ser uma festa do início ao fim, com lutas espetaculares e outras atrações imperdíveis”, disse Hudson.

O SFT 15 começa a partir das 18h30, no Atrio da Arena Corinthians, com a realização do card Semi-Pro. O card preliminar tem início às 20h e o card principal, com transmissão ao vivo da Band TV, terá o ponto de partida às 23h30.

CARD COMPLETO:

SFT 15
Arena Corinthians, em São Paulo (SP)
Sábado, 31 de agosto de 2019

Card principal
Renê Soldado x André Chatuba
Leonardo Buakaw x João Samurai
Everton Ungido x Marcos Marajó
Camila dos Santos x Ruth Ravena
Washington Nunes x Rolando Betoya

Card preliminar
Gabriela Almeida x Jana Popozinha
Manoel Souza x Richard Martins
Uyran Presuntinho x Rafael Maritaca
Edson Jaba x Zé Reborn
Paulo Sergipe x Nicholas Pestilli
Julio Rodrigues x Estabili Amato

Card Semi-Pro
Thainá Freitas x Sofia Lizaso
Victor Santos x Lucas Souza
Ana Merlin x Luana Santos
Gabriel Pulga x Hugo Paiva

Veja também

publicidade

publicidade

Newsletter

Assine nossa Newsletter e receba notícias e novidades em primeira mão

publicidade