Por Yago Rédua

Na manhã do domingo (4), na sede da Brazilian Top Team (BTT), na Zona Sul do Rio de Janeiro, Murilo Bustamante reuniu diversas gerações do Jiu-Jitsu e grandes ícones do esporte para a sua graduação como faixa-coral (7º grau). O casca-grossa teve a nova faixa trocada pelo GM Álvaro Barreto e os Mestres Fernando Pinduka e Otávio Peixotinho.

Grandes referências do Jiu-Jitsu prestaram o seu depoimento e contaram sobre a importância de Murilo para a arte suave. A TATAME marcou presença na graduação e conversou com Bustamante, que relembrou o seu início no Jiu-Jitsu. Além disso, o Mestre aproveitou para enaltecer todos os amigos que marcaram presença na sua cerimônia.


Bustamante foi campeão peso-médio do UFC em 2002, quando derrotou Dave Menne por nocaute técnico. Em seguida, defendeu o posto contra Matt Lindland com uma finalização, no entanto, deixou o evento depois e foi para o lendário PRIDE. Ao todo, foram 15 vitórias, oito derrotas e um empate em seu cartel no Vale-Tudo/MMA, com a última luta em 2012.

Já no Jiu-Jitsu, Murilo foi campeão mundial em 1999, entre outros títulos importantes. Bustamante fez parte do grande time de Carlson Gracie em Copacabana, no Rio. Atualmente ele é o líder da BTT e respeitado por todos no universo das artes marciais.