Organizador classifica DC Pro 3 como ‘incrível’ e projeta próxima edição para início de 2020; veja os resultados

por: TATAME | @tatameofficial
Publicado em 19/08/2019
Organizador classifica DC Pro 3 como ‘incrível’ e projeta próxima edição para início de 2020; veja os resultados

publicidade

O sábado (17) foi marcado por muitas artes marciais na sede da DC Fighters, na Taquara, Zona Oeste do Rio, com a terceira edição do DC Pro. Ao todo, foram mais de 70 lutas, com disputas de MMA profissional e amador, Jiu-Jitsu, No-Gi e Muay Thai. O evento teve transmissão ao vivo da TATAME através das nossas redes sociais (assista abaixo).


Na luta principal do evento, Marcos Oliveira derrotou Johnny Santana por nocaute técnico no começo do segundo round. Já no co-main event, Ícaro da Costa usou toda a técnica no Jiu-Jitsu para finalizar Claudiney Santos ainda no assalto inicial. Das noves lutas que fizeram parte do card principal, apenas três foram parar nas mãos dos jurados. O restante terminou com finalização ou nocaute e levantou o público presente na DC Fighters.

Idealizador e organizador do evento, o professor Daniel Cabral fez um balanço do evento e destacou o empenho dos atletas em todas as modalidades disputadas. Além disso, ele também revelou que a próxima edição do DC Pro deve acontecer no começo de 2020.

“O evento foi um sucesso. O card de MMA amador contou com belas lutas e as outras modalidades também apresentaram grandes duelos que surpreenderam os fãs de artes marciais com belos nocautes e finalizações. O evento está crescendo muito e ganhando cada vez mais notoriedade. Estou dando a oportunidade para vários atletas aparecerem, com a chance de transmissão ao vivo de todas as lutas. Foram mais de 10 horas no ar, com 73 lutas no total. É trabalhoso, mas é muito prazeroso permitir que os atletas possam crescer e se profissionalizarem. O card principal também foi incrível”, destacou Daniel

RESULTADOS COMPLETOS:

DC Pro 3
DC Fighters, na Taquara (RJ)
Sábado, 17 de agosto de 2019

Card principal
Marcos Oliveira derrotou Johnny Santana por nocaute técnico no 2R
Ícaro da Costa finalizou Claudiney Santos com uma mata-leão no 1R
Kewin Jacques derrotou Joseph Vieira por decisão dividida dos jurados
Mairon Santos derrotou Paulo Ricardo por nocaute técnico no 1R
Andrey Augusto derrotou Wdison Costa por decisão unânime dos jurados
Genison Lima derrotou Maicon Macedo por interrupção médica no 1R
Tarcízio Gomes derrotou Maylon Sousa por nocaute no 1R
Fernanda Caetano derrotou Priscila Ferreira por decisão dividida dos jurados
Lucas Mateus derrotou Antônio de Paulo por nocaute técnico no 1R

Veja também

publicidade

publicidade

Newsletter

Assine nossa Newsletter e receba notícias e novidades em primeira mão

publicidade