Mário Sperry comenta graduação no Jiu-Jitsu, pontos ou finalização e mais; leia

Publicado em 01/08/2019 por: Nilmon
Mário Sperry comenta graduação no Jiu-Jitsu, pontos ou finalização e mais; leia

publicidade

Por Diogo Santarém

Multicampeão no Jiu-Jitsu, com títulos mundiais da IBJJF e do ADCC – maior torneio de luta agarrada do mundo -, além de uma passagem marcante pelo extinto PRIDE, o gaúcho Zé Mário Sperry, aos 52 anos, segue sendo uma figura importante no mundo das lutas.

Por isso, a TATAME consultou o experiente faixa-preta sobre alguns temas de destaque na arte suave – e também polêmicos – e, como de costume, ele não ficou em cima do muro.

Confira abaixo:

-Faixa mais difícil de se conquistar no Jiu-Jitsu

Acredito que é a faixa que você está para ganhar… Todas são difíceis e têm os seus desafios particulares. Na azul, você tem que superar vários conflitos como insegurança, medo ou até mesmo a dificuldade de se adaptar a cultura do Jiu-Jitsu. Inclusive pois o Jiu-Jitsu difere muito de academia para academia, de país para país… A faixa roxa é difícil, no meu ponto de vista de competidor, era difícil pelo número de adversários. E a faixa preta, bom, é sempre a preta. Você espera por ela desde o dia que decide praticar Jiu-Jitsu.

-Opinião sobre as graduações atualmente

Difícil de fazer essa análise, principalmente por eu ser oriundo de uma escola de competição, de outra época. Cada mestre tem um critério e existem casos diferentes. Você pode ser agraciado com a faixa preta por desempenho nas competições, por assiduidade, companheirismo… O que eu não acredito e não concordo são essas faixas pela internet.

-Lutar pra vencer por pontos ou pra finalizar

O melhor é lutar para ganhar (risos). Tanto faz por pontos ou finalizando. Não importa! Você tem que ser pragmático, não deixando espaços para a derrota. Eu sempre pratiquei e ensinei para os meus alunos de competição que você tem que treinar como compete… Muitos atletas são leões na academia e, nos campeonatos, não se saem muito bem. Acredito que, para se ter sucesso nas competições, você tem que treinar no ‘modo de luta’ todo o tempo, pois quando chegar na hora da verdade, você fará exatamente o que treinou, estará pronto para lutar com qualquer um e não aceitará a derrota facilmente.

Veja também

publicidade

Mais lidas

publicidade

Instagram
Newsletter

Assine nossa Newsletter e receba notícias e novidades em primeira mão

publicidade