Aos prantos, Poirier relembra ‘quase finalização’ sobre Khabib e detalha erro técnico: ‘Vou me castigar por isso’

Publicado em 09/09/2019 por: Mateus Machado
Aos prantos, Poirier relembra ‘quase finalização’ sobre Khabib e detalha erro técnico: ‘Vou me castigar por isso’ Poirier foi aos prantos ao relembrar momento em que quase finalizou Khabib (Foto reprodução MMA Fighting)

publicidade

Dustin Poirier teve sua grande chance na carreira no último sábado (7), quando enfrentou Khabib Nurmagomedov em disputa pelo título peso-leve no UFC 242, realizado em Abu Dhabi. A derrota por finalização no terceiro round impediu o americano de colocar em sua posse o título linear da divisão e, consequentemente, “freou” uma sequência de quatro vitórias consecutivas.

Poirier, no entanto, esteve bem próximo de sair vencedor, justamente no terceiro assalto, quando quase finalizou o russo com uma guilhotina. Khabib escapou da posição e, logo depois, encaixou um mata-leão para superar seu oponente. Em entrevista aos jornalistas após o evento, Dustin, bastante emocionado, falou sobre o momento em que quase foi à glória máxima nos Emirados Árabes.

“A guilhotina estava bem encaixada. Mas para o resto da minha vida vou olhar para trás e me perguntar porque eu não pulei com a guarda fechada com ela (guilhotina), usei apenas uma perna por cima dele para que ele não pudesse montar e se livrar da pegada, mas eu deveria ter fechado a guarda. Deveria ter fechado a guarda para que ele não pudesse rolar e aliviar a pressão”, relembrou Dustin, indo às lágrimas depois.

Ciente da grande oportunidade que teve naquele momento do combate, Poirier não escondeu sua tristeza e insatisfação, justamente pelo fato da enorme concorrência em sua categoria, o que torna uma nova chance de disputar o cinturão dos leves da organização algo incerto para os próximos tempos.

“O cara (Khabib Nurmagomedov) é bom, é um campeão mundial. Talvez eu pudesse ter feito mais. Óbvio que vou me castigar por isso. Mas luta é assim, é bem duro. Queria sair daqui esta noite como campeão, me desapontei. Não fiz o suficiente e vou ter que lidar com isso para o resto da minha vida”, finalizou.

Veja também

publicidade

Mais lidas

publicidade

Newsletter

Assine nossa Newsletter e receba notícias e novidades em primeira mão

publicidade