BRAVE 26: Felipe Silva nocauteia na casa do adversário e desafia campeão Cleiton Predador; Gabriel Fly e Luana finalizam

por: TATAME | @tatameofficial
Publicado em 08/09/2019
BRAVE 26: Felipe Silva nocauteia na casa do adversário e desafia campeão Cleiton Predador; Gabriel Fly e Luana finalizam Felipe Silva venceu a luta principal e desafiou o atual campeão Cleiton Predador para um duelo (Foto BRAVE CF)

publicidade

O estreante Felipe Silva superou as vaias da fanática torcida colombiana e deu um show de Muay Thai ao nocautear o atleta da casa Dumar Roa, na luta principal do BRAVE 26, evento com ingressos esgotados e que chacoalhou o MMA sul-americano. Disputado em Bogotá, na Colômbia, o show ainda coroou outros dois brasileiros como vencedores: Gabriel Fly e Luana Pinheiro.

Após o nocaute sobre Dumar, através de uma sequência de joelhadas no clinch, Felipe fez questão de desafiar Cleiton Predador, que se tornou o campeão peso-leve do BRAVE CF ao vencer o pupilo do próprio Silva, Luan Miau.

“Eu sei que tem um cara aí, um recém-coroado campeão, que tem falado muito de mim. Não vou nem falar o nome dele. Mas você sabe quem você é. O cinturão é seu, mas ele vai ser colocado para jogo aqui dentro e a sua cabeça vai rolar, pode esperar”, ameaçou Felipe Silva.

Na luta co-principal, Gabriel Fly colocou seu justíssimo jogo de Jiu-Jitsu em prática e acertou até golpes duros em Jon Zarate. O colombiano aguentou bastante a pressão do brasileiro, mas quando o duelo foi para o chão, Gabriel rapidamente encaixou uma guilhotina. Foi o segundo triunfo em três lutas de Fly na franquia.

Abrindo o card principal do BRAVE 26, a paraibana Luana Pinheiro manteve sua invencibilidade no BRAVE CF com mais uma atuação dominante. Enfrentando a campeã sul-americana de Sanda, Yasmeli Araque, Luana manteve a calma, levou a luta para o chão e finalizou no mata-leão, somando sua sexta vitória no MMA.

RESULTADOS COMPLETOS:

BRAVE 26
Bogotá, na Colômbia
Sábado, 7 de setembro de 2019

Felipe Silva venceu Dumar Roa por nocaute técnico no 1R
Gabriel Fly venceu Jon Zarate por finalização no 2R
Ilia Topuria venceu Luis Gomez por finalização no 2R
Luana Pinheiro venceu Yasmeli Araque por finalização no 1R
Eduardo Mora venceu Juan David Erazo por nocaute técnico no 3R
Juan Pablo Mendoza venceu Hector Gonzalez Amaya por decisão unânime dos jurados
Juan Camilo Rincón venceu Yefferson Urrea por decisão unânime dos jurados
Mauricio Otalora venceu Gabriel Bula Baena por decisão unânime dos jurados
Alexis Ramos venceu Claudio Maestre por nocaute técnico no 2R

Veja também

publicidade

publicidade

Newsletter

Assine nossa Newsletter e receba notícias e novidades em primeira mão

publicidade