Após sete derrotas consecutivas e confusões fora do octógono, BJ Penn é demitido pelo UFC; veja os detalhes

Publicado em 27/09/2019 por: Mateus Machado
Após sete derrotas consecutivas e confusões fora do octógono, BJ Penn é demitido pelo UFC; veja os detalhes Aos 40 anos, BJ Penn teve seu contrato com o UFC encerrado (Foto reprodução Instagram)

publicidade

Chegou ao fim a relação entre UFC e BJ Penn. Na última quinta-feira (26), a organização anunciou que o contrato do lendário lutador está encerrado e, desta forma, o havaiano tem “passe livre” para negociar e assinar com outra franquia de MMA que queira contar com ele.

Uma série de fatores levou ao fim do vínculo do lutador com o Ultimate. Além das várias derrotas sofridas nos últimos anos, Penn vem se envolvendo em confusões fora do octógono, sendo a última delas uma briga de rua no Havaí, no último mês. Presidente do UFC, Dana White já havia afirmado que o veterano não lutaria mais pela companhia, no entanto, BJ ainda tinha contrato em vigor com a organização.

Com 40 anos e um cartel de 16 vitórias e 14 derrotas no MMA, BJ Penn não vence uma luta na modalidade desde 2010, quando superou Matt Hughes no UFC 123. Desde então, contabilizou um empate e amargou sete derrotas consecutivas, a última delas em maio, para Clay Guida, no UFC 237, realizado no Rio de Janeiro.

Apesar do retrospecto recente negativo, o veterano tem seu nome marcado na história do Ultimate. Penn foi o primeiro lutador a faturar dois cinturões na história da organização, sendo campeão na categoria peso leve e também no meio-médio. Ao longo de sua trajetória no MMA, o faixa-preta de Jiu-Jitsu já derrotou nomes como Caol Uno, Matt Serra, Takanori Gomi, Matt Hughes, Renzo, Kenny Florian e Diego Sanchez.

Veja também

publicidade

Mais lidas

publicidade

Newsletter

Assine nossa Newsletter e receba notícias e novidades em primeira mão

publicidade