Em casa e com lembranças de Abu Dhabi, Davi Ramos fala de expectativa para duelo no UFC 242: ‘Eu pedi pra lutar aqui’

Publicado em 05/09/2019 por: Mateus Machado
Em casa e com lembranças de Abu Dhabi, Davi Ramos fala de expectativa para duelo no UFC 242: ‘Eu pedi pra lutar aqui’ Davi Ramos vai em busca de sua quinta vitória consecutiva no UFC (Foto reprodução Instagram)

publicidade

* A relação de Davi Ramos com Abu Dhabi é antiga e especial. Faixa-preta de Jiu-Jitsu, o brasileiro já disputou inúmeras competições da arte suave na capital dos Emirados Árabes Unidos. Neste sábado (7), o faixa-preta retorna a cidade, desta vez para entrar em ação no UFC 242, onde terá pela frente o russo Islam Makhachev em duelo importante válido pela categoria peso leve.

Embalado por quatro vitórias consecutivas, sendo três delas por finalização, Davi sabe que um novo triunfo pode credenciá-lo, de vez, ao Top 15 da divisão. Ciente do grande desafio que vai enfrentar, já que Makhachev vem embalado por uma sequência de cinco resultados positivos, o brasileiro garante ter se preparado como nunca para atingir seu principal objetivo na carreira.

“Eu tenho treinado para ser campeão e eu tenho treinado de tudo, na verdade, sem deixar de treinar o que eu fiz a minha vida inteira, que é o Jiu-Jitsu, isso que é o meu diferencial entre todos da categoria. É a parte que não posso deixar de treinar, mas eu estou treinando para ser campeão, e para isso você tem que treinar mais do que todos. Para onde a luta se desenrolar, vou estar bem preparado”, contou o carioca à TATAME.

Confira o bate-papo com Davi Ramos na íntegra:

– Perda de peso e chegada com antecedência

O treinamento todo acabou, estamos agora na reta final da perda de peso e está indo tudo muito bem, graças a Deus. Foi ótimo vir para cá antes, isso fez com que a gente pudesse se ambientar muito bem, realizasse treinos mais fortes, para eu poder me preparar melhor e já me adaptar ao país.

– Sentimento de ‘estar em casa’ em Abu Dhabi

Já lutei aqui em Abu Dhabi diversas vezes na época do Jiu-Jitsu. A primeira vez foi em 2011, mas voltar é sempre muito especial. Não vejo diferença alguma da época que lutei Jiu-Jitsu aqui para hoje, no UFC, pra mim é tudo competição. Estou feliz, porque venho todos os anos para cá, inclusive em janeiro estive aqui, treinando, tenho amigos e é um lugar muito especial para mim. Pedi para lutar nesse card e consegui.

– Apoio dos brasileiros em Abu Dhabi

A gente vai ter muito apoio dos brasileiros que moram aqui. Os brasileiros estão vindo em peso pra cá para ensinar o Jiu-Jitsu ao povo local. É muito bacana e gratificante poder vir representar o Jiu-Jitsu, do qual eles trabalham e vivem. Espero poder contar com o apoio de toda a comunidade da arte suave que vive aqui.

– Foco no cinturão da categoria peso leve

Eu não tenho preparado nada diferente. Tenho treinado para ser campeão e eu tenho treinado de tudo, na verdade, sem deixar de treinar o que eu fiz a minha vida inteira, que é o Jiu-Jitsu, isso que é o meu diferencial entre todos da categoria. É a parte que não posso deixar de treinar, mas estou treinando para ser campeão, e para isso você tem que treinar mais do que todos. Para onde a luta se desenrolar, vou estar preparado.

– Palpite para o duelo Khabib x Poirier

Pelo estilo de luta, eu acredito muito que o Khabib leve vantagem nessa e acredito que ele se mantenha como campeão. Para mim não faz diferença qual dos dois eu vá lutar no futuro. São dois estilos completamente diferentes, no qual eu vou estar bem preparado para lutar contra qualquer um. Lógico que o estilo de luta do Khabib casa melhor pra mim, pelo estilo de luta que eu pratiquei a minha vida inteira.

CARD COMPLETO:

UFC 242
Abu Dhabi, nos Emirados Árabes Unidos

Sábado, 7 de setembro de 2019

Card principal
Peso-leve: Khabib Nurmagomedov x Dustin Poirier
Peso-leve: Edson Barboza x Paul Felder
Peso-leve: Islam Makhachev x Davi Ramos
Peso-pesado: Curtis Blaydes x Shamil Abdurakhimov
Peso-leve: Mairbek Taisumov x Carlos Diego Ferreira

Card preliminar
Peso-mosca: Joanne Calderwood x Andrea Lee
Peso-pena: Zubaira Tukhugov x Lerone Murphy
Peso-galo: Liana Jojua x Sarah Moras
Peso-leve: Ottman Azaitar x Teemu Packalen
Peso-meio-médio: Belal Muhammad x Takashi Sato
Peso-meio-médio: Nordine Taleb x Muslim Salikhov
Peso-médio: Omari Akhmedov x Zak Cummings
Peso-leve: Don Madge x Fares Ziam

* Por Mateus Machado

Veja também

publicidade

Mais lidas

publicidade

Newsletter

Assine nossa Newsletter e receba notícias e novidades em primeira mão

publicidade