Márcio de Deus transforma Jiu-Jitsu em comunidade do Rio e prepara futuro para crianças: ‘Quero que mudem de vida’

por: TATAME | @tatameofficial
Publicado em 10/09/2019
Márcio de Deus transforma Jiu-Jitsu em comunidade do Rio e prepara futuro para crianças: ‘Quero que mudem de vida’ Márcio de Deus tem sido responsável pela formação de vários atletas na CDD (Foto Vitor Freitas)

publicidade

Márcio de Deus foi capaz de transformar seu antigo projeto social numa grande academia profissional de Jiu-Jitsu dentro da Cidade de Deus, uma das maiores comunidades do Rio de Janeiro. Para se profissionalizar cada vez mais, Márcio investiu em cursos de gestão e desenvolvimento pessoal. O objetivo, além de evolução pessoal, é mudar a vida das novas crianças da comunidade, como ele vem fazendo há 10 anos.

“Eu sempre fui estudioso, aproveitei as oportunidades que tive e agora estou fazendo acontecer. Por conta dos meus estudos em gestão e desenvolvimento pessoal, a minha academia está crescendo e meus alunos também, o que é muito importante pra mim. Hoje tenho alunos nos Estados Unidos e isso me deixa feliz. O meu aluno Victor Lima vive por lá hoje, junto com sua esposa, e o mais bacana é ver como ele mudou todo seu estilo de vida. Não escuta mais tiroteio, aumentou seu poder de compra e hoje vive do Jiu-Jitsu. A Gabi está no Japão treinando e vai disputar diversos eventos esse ano. Agora a meta é fazer os mais novos mudarem de vida, assim como os meus primeiros alunos mudaram. Trabalho para dar oportunidade de crescimento para todos”, disse.

Em paralelo aos seus projetos, o faixa-preta – graduação que ostenta há 13 anos – ainda reserva tempo para treinar e competir. Recentemente, ele realizou um sonho de lutar MMA, mesmo que de forma amadora.

“Foi um sonho antigo, aquela coisa bem pessoal mesmo. Mais uma vez lutei junto com meus alunos, treinei e fiz todo processo lado a lado. Foi uma experiência única, talvez eu tente mais vezes. A vitória não veio, mas eu entrei no campo de batalha sem hesitar. O exemplo arrasta. Não posso estar dentro de um escritório e mandar meu time para a guerra. Tudo que eu falo, eu uso minha experiência. Meu crescimento apenas começou”, projetou o renomado professor, que também é organizador de eventos e árbitro da IBJJF.

Veja também

publicidade

publicidade

Newsletter

Assine nossa Newsletter e receba notícias e novidades em primeira mão

publicidade