Resumo do MMA: Borrachinha provoca Cara de Sapato, Gaethje mira luta pelo título e Michel Pereira se explica

por: TATAME | @tatameofficial
Publicado em 16/09/2019
Resumo do MMA: Borrachinha provoca Cara de Sapato, Gaethje mira luta pelo título e Michel Pereira se explica Borrachinha afirmou que os seus golpes são capazes matar Adesanya (Foto reprodução Instagram)

publicidade

Neste espaço, você encontra alguns dos principais destaques do mundo do MMA. Hoje, segunda-feira (5), continuamos com a repercussão do UFC Vancouver, realizado no último sábado (14), no Canadá. Na luta principal, Justin Gaethje bateu Donald Cerrone por nocaute técnico e, agora, quer enfrentar o vencedor de Khabib Nurmagomedov x Tony Ferguson pelo cinturão dos leves. Já os brasileiros Antônio Cara de Sapato e Michel Pereira não tiveram tanta sorte. Enquanto Cara de Sapato perdeu para Uriah Hall por decisão dividida e acabou “zoado” pelo desafeto Paulo Borrachinha, Michel, que também perdeu por decisão, para Tristan Connelly, desabafou nas redes sociais após o revés.

Borrachinha provoca Cara de Sapato

Rivais declarados há anos, os brasileiros Paulo Borrachinha e Antônio Cara de Sapato seguem trocando provocações. E no último final de semana, foi a vez de Borrachinha debochar do faixa-preta de Jiu-Jitsu, que acabou derrotado no UFC Vancouver e amargou seu segundo revés seguido. Logo após o evento, Paulo usou suas redes sociais e provocou dois compatriotas, colocando o também desafeto Cezar Mutante no meio.

“Hahaha. Novo Mutante 2.0. O RH (recursos humanos) lhe aguarda”, postou Borrachinha na ferramenta “Stories” do Instagram, completando:

“Valendo o emprego, o que vocês acham? Mutante 2.0. (Cara de Sapato) x Mutante original”, encerrou, em alusão à sequência de duas derrotas dos dois lutadores.

 

Ver essa foto no Instagram

 

#violent-1 @violent__1

Uma publicação compartilhada por Justin Gaethje 🇺🇸 (@justin_gaethje) em

Gaethje mira disputa de cinturão

Atualmente o quinto colocado no ranking peso-leve do Ultimate, Justin Gaethje chegou ao seu terceiro triunfo consecutivo com o nocaute sobre Donald Cerrone na luta principal do UFC Vancouver. Após o combate, em entrevista ainda no octógono, Justin foi perguntado sobre seu próximo passo na divisão, e com os nomes de Conor McGregor e do campeão Khabib Nurmagomedov no ar, não titubeou na resposta.

“O cara irlandês se aposentou, eu quero um lutador de verdade. Quero o vencedor da luta Tony Ferguson x Khabib. Espero enfrentar o Khabib antes dele se aposentar, e se o Tony vencer… Ninguém vai querer perder essa luta. Nós podemos encher um estádio com um milhão de pessoas”.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Eu voltarei!!!! E provarei que que luto 3 ROUD de boa!

Uma publicação compartilhada por Michel “Demolidor” Pereira (@michelpereiraufc) em

Michel explica motivos da derrota

Se tem alguém para “esquecer” sua participação no UFC Vancouver, esse alguém é Michel Pereira, o “Paraense Voador”. Depois de causar uma ótima impressão em sua estreia, em maio deste ano, o meio-médio brasileiro não conseguir repetir a boa atuação contra Tristan Connelly e acabou superado por decisão unânime. Antes da luta as criticas foram pelo fato de Michel não ter conseguido bater o peso da divisão, sendo multado em 20% da sua bolsa. Já após o embate, os comentários foram a respeito da falta de gás e excesso de acrobacias do lutador no embate.

O “Paraense Voador”, então, usou suas redes sociais para comentar o revés. Através de um comunicado, Michel culpou o “corte de peso complicado” pela falta de gás e prometeu voltar mais forte.

“Galera, muitas coisas ruins aconteceram, cansei não foi por causa das coisas que fiz, mas sim pelo corte de peso muito grande. Tirei 17.5kg sozinho, sem ninguém, só me estressando com o visto do meu córner que não foi me ajudar. Todos tinham alguém para ajudar, e eu sem ninguém em tudo. Não é desculpa, mas sou um lutador que vai crescendo quando os rounds vão se passando, e por eu me desgastar muito para bater o peso o corpo deu ‘PT’ no começo do segundo round. Luto por vocês, galera, para dar show para vocês. Vamos incentivar mais e criticar menos. Luto assim pra dar mais graça no UFC, os lutadores de hoje em dia só pensam em ganhar a luta, e fazem lutas chatas. Por isso que o MMA está caindo muito! Só quero fazer todos os meus fãs felizes em assistir uma luta minha, mas dessa vez aconteceram coisas que me levaram à derrota. Eu perdi para mim mesmo! Gratidão galera. Eu vou voltar e fazer melhor ainda. E vocês vão ver que tenho gás para lutar os três rounds tranquilo!”, escreveu.

Veja também

publicidade

publicidade

Newsletter

Assine nossa Newsletter e receba notícias e novidades em primeira mão

publicidade