Faixa-roxa de Jiu-Jitsu comenta treinos nos Estados Unidos e destaca: ‘Aqui tem um público bem maior voltado para o No-Gi’

Publicado em 10/10/2019 por: Yago Redua
Faixa-roxa de Jiu-Jitsu comenta treinos nos Estados Unidos e destaca: ‘Aqui tem um público bem maior voltado para o No-Gi’ Faixa-roxa, Deise tem visto com bons olhos as competições sem pano nos Estados Unidos (Foto: Arquivo Pessoal)

publicidade

*Com os seus primeiros passos no Jiu-Jitsu em 2016, no interior da Bahia, na equipe Simetria Fight, Deise Leonanjo mudou para São Paulo dois anos depois, quando treinou na Alliance da Mooca. Já em 2019, a faixa-roxa foi para os Estados Unidos em busca de uma evolução maior dentro da arte suave e passou a realizar os treinos na Renzo Gracie Academy, em Nova York.

À TATAME, a atleta contou como foi o seu desenvolvimento na Alliance. Deise disse que o período que passou na equipe foi um divisor de águas na sua carreira.

“Uma das escolhas mais certas que fiz, foi ter ido para Alliance Mooca. Lá foi o lugar onde eu tive uma enorme  evolução, tanto no Jiu-Jitsu, quanto na vida fora do tatame. O Casquinha, sem sombra de dúvida, é o melhor mestre possível, e eu sou muito grata por quanta coisa ele me agregou. Todas as coisas boas que tive por lá foi o reflexo na minha temporada de faixa-azul, tive um desempenho muito bom, perdi apenas duas competições, fui campeã mundial e terminei 2018 em primeiro no ranking da IBJJF, e eu sou muita grata a todo mundo naquele lugar que contribuiu com isso”, relembrou.

A mudança para os Estados Unidos há pouco tempo tem sido um fator importante para seguir a trajetória de crescimento. Deise comentou o que tem visto de diferente fora do país, nos treinos e competições.

“Apesar de amar o lugar onde eu treinava, é muito difícil viver do esporte no Brasil e isso me fez buscar uma experiência fora do país. Acabei, então, decidindo realizar a mudança. Hoje moro em Nova Jersey e treino na Renzo Gracie em Nova York. Apesar de não mudar muita coisa em relação às competições, os treinos são bem diferentes. Aqui tem um público bem maior voltado pro No-Gi e bastantes competições que pagam um valor considerável com regras totalmente diferentes da IBJJF, com isso começou a despertar um interesse em treinar o sem quimono mais vezes. Agora estou me preparando para o Mundial No-Gi, que acontece em dezembro desse ano”, concluiu.

Entre os principais títulos de Deise até o momento no Jui-Jitsu estão o mundial, South American da UAEJJF, Floripa Fall e absoluto no Curitiba Open, entre outros na faixa-azul. Já na roxa, a lutadora levou o North American e o Grand Slam de Londres – ambos da AJP.

*Por Camila Nobre

Veja também

publicidade

publicidade

Newsletter

Assine nossa Newsletter e receba notícias e novidades em primeira mão

publicidade