Gordon Ryan derrota Rousimar Toquinho no World Jiu-Jistu Festival; Tanquinho e Bia Basílio são destaques no fim de semana

Publicado em 07/10/2019 por: Yago Redua
Gordon Ryan derrota Rousimar Toquinho no World Jiu-Jistu Festival; Tanquinho e Bia Basílio são destaques no fim de semana Gordon Ryan derrotou o brasileiro Rousimar Toquinho no World Jiu-Jitsu Festival (Foto: Reprodução/Instagram)

publicidade

Uma semana após o ADCC, maior torneio de luta agarrada do mundo, Gordon Ryan, ouro duplo no evento, teve um importante desafio contra o brasileiro Rousimar Toquinho pelo World Jiu-Jitsu Festival. O campeonato tinha regra de 15 minutos e só valia finalização ou decisão dos árbitros. O norte-americano impôs o seu ritmo de luta, não finalizou, mas saiu com a vitória.

O evento foi disputado no sábado (4) e domingo (5), na Califórnia (EUA), e contou com outros destaques. Rafael Lovato Jr, atual campeão dos médios do Bellator, finalizou Richie Martinez com uma kimura. Mickey Musumeci, Diego Sem Noção e Edwin Najmi finalizaram Joseph Lee, Bill Cooper e Mathias Luna, respectivamente.

Tanquinho brilha no F2W 127

Outro campeão do ADCC que brilhou no fim de semana foi Augusto Tanquinho. O lutador da Soul Fighters manteve a excelente fase e derrotou o compatriota Matheus Gabriel por decisão dividida. O casca-grossa garantiu o título No-Gi da organização no peso-leve. Na outra disputa de cinturão, no evento que foi realizado em Dallas (EUA), Vitor Oliveira, também via decisão dos árbitros, superou Rafael Formiga e se tornou campeão dos meio-médios na categoria master. O evento ainda teve a vitória de Luanna Alzuguir sobre Chelsah Lyons.

 

Ver essa foto no Instagram

 

And NEW @f2wbjj champion And STILL the #1 No Gi in the world! I got the job done one more time! Thank you God, all glory goes to the name of Jesus, Thank you Lord for giving me strength to honor my word and show up to fight! I’m not going to lie my body is all broke, I need to rest, take care of the injuries and have a vacation with my wife and baby! Thank you for the support guys, 5 days after winning the biggest grappling event of the world I put in line one more time against a great athlete and world class competitor! Thank you to my wife @amandasavulski , my doctor @drcapodaglio and my team Soul Fighters AZ and Texas for the support. Thank you @sethdanielsf2w @f2wbjj and their awesome crew, thank you Dallas see you soon! God is great 🙏🏻 • E o NOVO campeão do @f2wbjj e AINDA o #1 sem kimono do mundo! Consegui mais uma vez! Obrigado Deus, toda a glória ao nome de Jesus, obrigado Senhor por me dar forças para honrar a minha palavra e ir lutar! Não vou mentir, meu corpo está todo quebrado, preciso descansar, cuidar das lesões e tirar férias com minha esposa e o meu bebê! Obrigado galera, 5 dias após vencer o maior evento de Grappling do mundo eu botei na reta de novo contra um incrível atleta de nível mundial! Obrigado minha esposa @amandasavulski , meu doutor @drcapodaglio e meu time Soul Fighters no Arizona e Texas pelo apoio. Obrigado @sethdanielsf2w @f2wbjj e toda a equipe deles, obrigado Dallas nos vemos em breve! Deus é bom demais 🙏🏻 📸 by @f2wbjj

Uma publicação compartilhada por Augusto Tanquinho (@tanquinhojj) em

Bia Basílio brilha em Barueri

Bia Basílio, campeã da categoria até 66kg do ADCC, também retornou aos tatames uma semana depois e colocou mais uma medalha de ouro no peito. A lutadora da Almeida Jiu-Jitsu foi campeã da divisão até 62kg do Abu Dhabi International Pro em Barueri, São Paulo. O torneio foi organizado pela FBJJ (Federação Brasileira de Jiu-Jitsu) com a chancela da AJP (antiga UAEJJF). O evento distribuiu cerca de 20 passagens e inscrições para o Abu Dhabi Grand Slam do Rio de Janeiro, no começo do próximo mês.

A AJP, pelo mundo, ainda realizou o International Pro Osijek e o National Pro no Panamá.


Opens da IBJJF

A IBJJF realizou três Opens neste fim de semana. Em Salt Lake City, nos Estados Unidos, o destaque na faixa-preta foi Renato Tagliari, da Caio Terra Association, que faturou peso e absoluto. Já em Charlotte, também nos EUA, Caio Paganini, da Alliance, foi ouro no peso e absoluto. Nos dois eventos não tiveram disputas entre as mulheres na faixa-preta adulto.

Em Tel Aviv (ISR), Thomas Loubersanes, Tropa de Elite, foi ouro duplo entre os homens. Já nas disputas femininas, a casca-grossa Cláudia do Val brilhou e ficou com as medalhas de ouro no peso e absoluto.

Veja também

publicidade

publicidade

Newsletter

Assine nossa Newsletter e receba notícias e novidades em primeira mão

publicidade