II Campeonato de Jiu-Jitsu dos Bombeiros do RJ consagra grupamento de Teresópolis e dá show de solidariedade; confira

Publicado em 07/10/2019 por: Mateus Machado
II Campeonato de Jiu-Jitsu dos Bombeiros do RJ consagra grupamento de Teresópolis e dá show de solidariedade; confira

publicidade

Quase 200 bombeiros militares do Estado do Rio de Janeiro se reuniram na última sexta-feira (4) para a disputa da 2ª edição do Campeonato de Jiu-Jitsu da corporação, realizado, pelo segundo ano consecutivo, no Complexo de Ensino e Instrução Coronel Sarmento, no bairro de Guadalupe. Na disputa por equipes, o troféu de 1º lugar foi para o 16º Grupamento de Bombeiros Militar (GBM), de Teresópolis; seguido pelo 2ª Grupamento Marítimo (GMAR), que fica na Barra da Tijuca; e do 25º GBM, sediado na Gávea.

Dentro do tatame, um dos destaques da edição foi o coronel da reserva Arthur Paixão, de 65 anos de idade. Faixa-preta de Judô e roxa de Jiu-Jitsu, o representante da equipe campeã enfrentou um adversário bem mais jovem, fez uma luta bastante disputada, decidida nos detalhes e, apesar de ter sido superado com uma queda no final, arrancou aplausos do público presente.

“Minha formação é do Judô. Quando passei para a reserva remunerada, em 2015, eu procurei uma academia de Judô, e o sensei me sugeriu experimentar o Jiu-Jitsu. Fui ver um treino, gostei e fui ficando. O Jiu-Jitsu é um esporte para todo mundo: idoso, jovem… E é uma forma de a gente ter autocontrole, dosar nosso esforço. Eu, como mais velho, não posso chegar e querer ter a explosão de um cara mais jovem; porém é aquela história: se o cara der mole, eu levo (risos). Infelizmente hoje não deu, mas fiquei feliz porque o rapaz que ganhou mereceu ganhar”, comentou.

Fora do tatame, destaque total para a ação solidária do Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Rio de Janeiro (CBMERJ) em parceria com Legião da Boa Vontade e a rede de atacados Megabox, que arrecadou mais de uma tonelada de óleo de cozinha. Todo o alimento arrecadado será distribuído para famílias de baixa renda na campanha “Natal Permanente da LBV – Jesus, o Pão Nosso de cada dia”. Um dos organizadores do evento, o faixa-preta e capitão Artur Roza exaltou o sucesso de mais uma edição.

“Foi mais um grande evento e atingimos nosso objetivo social. Novamente os bombeiros abraçaram a causa e isso mostra que o Jiu-Jitsu na corporação está cada vez mais sólido. Aproveito para agradecer a parabenizar todos aqueles que fizeram isso possível: o secretário de Estado de Defesa Civil, coronel Roberto Robadey; o subsecretário, coronel Marcelo Hess; o coronel da reserva remunerada Marcos Tadeu, da FABOM; o comandante do CEFID tenente-coronel João Paulo; a LBV; a Super Rádio Brasil; a Prime Esportes; a Boomboxe; a SJJSAF; todo nosso staff, capitaneado pelo Leonardo Tim e pelo André Bastos, coordenador de arbitragem; e ao faixa-coral 7º grau Aldemir Tavares, da ATA Jiu-jitsu, que representou os mestres”, destacou o capitão Roza, que foi um dos campeões na faixa-preta.

Veja também

publicidade

publicidade

Newsletter

Assine nossa Newsletter e receba notícias e novidades em primeira mão

publicidade