‘O que não te mata, fortalece’: Marcus Buchecha analisa participação sem títulos no ADCC 2019; saiba mais

Publicado em 03/10/2019 por: Diogo Santarém
‘O que não te mata, fortalece’: Marcus Buchecha analisa participação sem títulos no ADCC 2019; saiba mais Para Buchecha, principal foi ter saído do ADCC 2019 sem lesões e tendo dado tudo de si (Foto Mayara Munhos / Jiu-Jitsu in Frames)

publicidade

Considerado por muitos o maior nome do Jiu-Jitsu atualmente e recordista em títulos mundiais na faixa-preta adulto, Marcus Buchecha saiu do ADCC 2019, realizado no último fim de semana (28 e 29), na Califórnia (EUA), sem títulos. Após vencer a divisão +99kg em 2017, na Finlândia, desta vez Buchecha foi bronze em sua categoria – sendo eliminado por Kaynan Duarte – e prata no absoluto, perdendo para Gordon Ryan por 0 a 1 nas punições.

A expectativa do multicampeão, é claro, era de sair com pelo menos uma medalha de ouro do maior torneio de luta agarrada do mundo. Porém, apesar de não conseguir atingir seu objetivo, Buchecha, em suas redes sociais, celebrou ter saído do evento sem lesões e agradeceu o grande apoio recebido dos fãs, que gritaram bastante o seu nome na final do absoluto em disputa acirrada contra o americano Gordon Ryan.

“Não foi o resultado esperado, mas feliz de ter lutado mais uma vez o ADCC, e o mais importante, não ter me machucado. Apesar de ter tido um camp difícil e ter ficado algumas semanas sem treinar, deu pra ir lá e brigar (risos). Muito obrigado a todos que fizeram parte do camp e me ajudaram mais uma vez a me preparar para esse final de semana e aos meus patrocinadores por todo o suporte nessa jornada. E claro, muito feliz de ouvir aquele ginásio lotado gritando meu nome e me dando suporte seja de perto ou de longe, muito obrigado de verdade, galera. O que não te mata, fortalece”, postou o faixa-preta da Checkmat.

Confira a postagem abaixo:

 

Ver essa foto no Instagram

 

Não foi o resultado esperado mas feliz de ter lutado mais uma vez o @adcc2019 e o mais importante, não ter me machucado. Apesar de ter tido um camp difícil e ter ficado algumas semanas sem treinar deu pra ir la e brigar rs. Muito obrigado a todos que fizeram parte do camp e me ajudaram mais uma vez a me preparar para esse final de semana. E aos meus patrocinadores por todo o suporte nessa jornada. E muito feliz de ouvir aquele ginásio lotado gritando meu nome e me dando suporte seja de perto ou de longe, muito obrigado de verdade galera. E o que não mata, FORTALECE. •••• It was not the result that I was hoping for, but I’m really happy that I fought one more time the @adcc2019, and most important I didn’t get hurt. I had a really tough training camp and wasn’t able to train for a few weeks but thankfully I was still able to go out there and fight. Thank you so much everyone that helped me to the get ready for this weekend. Thank you all my sponsors for the support on this journey. So happy to hear the whole stadium screaming for me, giving me this amazing support from far or close thank you so much guys. What doesn’t kill you it can only make you STRONGER. @shoyoroll || @rvcasport || @musclepharm || @checkmathq

Uma publicação compartilhada por Marcus Almeida (@marcusbuchecha) em

Veja também

publicidade

publicidade

Newsletter

Assine nossa Newsletter e receba notícias e novidades em primeira mão

publicidade