* Dar o “pontapé inicial” em uma arte marcial, seja com o desejo de se tornar competidor ou com a intenção de praticar uma atividade física, sempre é um desafio. Escolher a academia que atenderá suas necessidades, o tipo de treino que mais vai se “encaixar” com suas características e evolução ao longo do tempo de prática, entre outras questões, sempre devem ser levadas em consideração para aquele que está no início de sua jornada.

Procurar dicas de outros atletas e, principalmente, de profissionais experientes são de extrema importância para que a experiência seja a mais agradável possível. Para isso, a TATAME conversou com Ítallo Vilardo, preparador físico de diversos atletas de MMA e Jiu-Jitsu, além de ser faixa-preta da arte suave.

Desde o local da academia onde você deseja treinar, até os treinos técnicos e físicos, o preparador separou cinco dicas essenciais para você, caro leitor, que deseja iniciar em uma arte marcial, seja qual for.

Confira as dicas:

1- Escolha bem o local que você vai treinar. Veja se o treino se encaixa com o que você deseja. Se quer ser um atleta competidor, deve procurar uma academia com esse perfil. Se quer praticar por hobby, procure uma academia com esse perfil também. Feito isso, procure saber quem é o professor e suas referências.

2- Busque treinar para evoluir. Muitos atletas (amadores ou não), que me procuram, inicialmente dizem que querem se testar, ir ao seu limite… Esse não é o objetivo. O objetivo é evoluir, seja aprender uma arte marcial, melhorar em quesitos técnicos, físicos… Treinar para se desgastar e se testar não será saudável e nem prazeroso. Mesmo que você venha a ser atleta profissional um dia, saiba que tudo se trata de evoluir.

3- Se cerque de pessoas boas e capacitadas. Artes marciais são, além de tudo, um estilo de vida, algo que vai te fazer mudar por completo. Ter pessoas boas, que saibam o que estão fazendo, faz toda a diferença nesse processo. Às vezes, conversando com alguns praticantes, eles me falam que deixam a parte física com um amigo que “dá uma moral” para ele na academia. Isso é péssimo! Por mais que a intenção do seu amigo seja boa, procure sempre alguém que saiba o que está fazendo, que consiga te direcionar da melhor maneira.

4- Saiba que tudo tem seu tempo. Você não evolui de um dia para o outro, é tempo e dedicação. Fique atento a quem promete milagres, principalmente na parte física. Seu corpo tem uma capacidade enorme de treinamento/evolução, mas para isso precisa ser lapidado com tempo. Atenção a quem promete milagres, treinos mirabolantes, suplementos que farão a diferença, e aí entra o perigo dos anabolizantes também.

5- Foque no básico. Nenhuma grande construção se faz sem uma boa base, do dia pra noite, tanto no treino técnico quanto no treino físico. As lutas são cercadas por diversos mitos e lendas e quando se faz o básico bem feito, não tem erro. Cada alicerce bem feito é um lastro maior no seu futuro dentro do esporte.

* Por Mateus Machado