Promessa da Brazilian Top Team pega luta com dois dias de antecedência, finaliza e segue invicto no MMA; veja como foi

Publicado em 25/10/2019 por: Mateus Machado
Promessa da Brazilian Top Team pega luta com dois dias de antecedência, finaliza e segue invicto no MMA; veja como foi Felipe Herculano venceu no Shooto Brasil e manteve sua invencibilidade no MMA (Foto: Deivi Coutinho)

publicidade

O ano de 2019 da Brazilian Top Team tem sido promissor. Mais do que vencer, a equipe tem revelado bons nomes para o cenário nacional do MMA. No último Shooto Brasil, realizado no sábado (19) no Rio de Janeiro, a BTT teve a estreia de Ricardo Tigrão, que conseguiu um nocaute em 40 segundos de luta, e contou também com uma grande apresentação de Luiz Felipe Herculano, que entrou no card dois dias antes do evento, bateu o peso e finalizou o seu oponente ainda no primeiro round. Com apenas 20 anos, ele é uma das grandes apostas da equipe liderada pela lenda Murilo Bustamante.

“Eu acabei pegando essa luta em cima da hora, tive que tirar 6kg, mas deu tudo certo e consegui vencer no primeiro round. Esse é apenas o meu segundo ano como lutador profissional de MMA. Acho que eu evoluí bastante na parte do chão, mas o meu forte é a trocação. Foi a minha segunda luta no Shooto, e a segunda finalização, mas ainda não penso em cinturão. Só quero lutar, continuar vencendo e um dia chegar ao UFC”, disse Luiz Felipe.

Faixa azul de Jiu-Jitsu e kruang preto de Muay Thai, Luiz Felipe já esteve duas vezes na Tailândia para afiar a sua trocação. Ele começou no Muay Thai aos 8 anos com o seu pai, que é professor da modalidade. Depois de fazer mais de 20 lutas de Muay Thai, ele decidiu que era hora de migrar para o MMA, onde ostenta um cartel com cinco lutas e cinco vitórias.

“Comecei no MMA com 16 anos. Fiz cinco lutas no amador e venci todas elas. Aos 18 anos fui para a Tailândia disputar o Mundial de Muay Thai, que aconteceu em Bangkok. Não fui campeão, mas peguei uma experiência muito boa. Esse ano eu voltei a Tailândia para aprender mais e treinei nas maiores academias de lá, como a Tiger Muay Thai e Phuket Top Team. Meu objetivo é evoluir cada vez mais para um dia realizar o meu sonho de chegar no maior evento de MMA do mundo”, concluiu.

Veja também

publicidade

Mais lidas

publicidade

Instagram
Newsletter

Assine nossa Newsletter e receba notícias e novidades em primeira mão

publicidade