Dana White manda recado para Johnny Walker após revés no UFC 244: ‘Não se brinca neste esporte’

Publicado em 04/11/2019 por: Mateus Machado
Dana White manda recado para Johnny Walker após revés no UFC 244: ‘Não se brinca neste esporte’ Presidente do UFC, Dana White falou sobre a derrota de Johnny Walker para Corey Anderson (Foto reprodução YouTube)

publicidade

A primeira derrota de Johnny Walker no Ultimate, no último sábado (2), ao ser nocauteado por Corey Anderson no UFC 244, repercutiu bastante. Além de ser “zombado” pelo seu adversário ainda no octógono e receber provocações de Jon Jones e Paulo Borrachinha nas redes sociais, o brasileiro também viu Dana White, presidente da organização, falar sobre o seu revés, que aconteceu ainda no primeiro round de luta.

Em entrevista coletiva realizada logo após o evento, no Madison Square Garden, em Nova York (EUA), Dana afirmou que Johnny deveria ter levado mais a sério o duelo diante de um atleta duro e ranqueado nos meio-pesados – o lutador americano atualmente é o sétimo colocado no ranking da divisão.

“Não é que ele (Johnny) tenha ido mal, mas você não pode se mover daquela forma tendo pela frente um Corey Anderson irritado como ele estava. Não se brinca nesse esporte, muito menos aqui no UFC”, disparou.

Ao afirmar que Corey Anderson estava irritado, o mandatário se referiu ao fato do americano ficar claramente incomodado com o grande favoritismo depositado em Walker durante a semana da luta e com os comentários de que, em caso de nova vitória, o brasileiro poderia ser um dos próximos desafiantes ao cinturão de Jon Jones. Depois do combate, Corey chegou a afirmar que gostaria de ser demitido da franquia caso não recebesse uma chance de disputar o título dos meio-pesados, como especulado com Walker.

“Ele veio aqui muito bravo esta semana, com teorias da conspiração de que nós o odiamos e choradeiras infantis desse tipo, de que nós tentamos vencê-lo. Nós não podemos bater nele. Ou ele consegue vencer suas lutas ou não. Não me importa o que ele tenha falado. Alguns lutadores sobem mais rápido do que outros. Você não precisa nos dizer o que você merece. Mostre o que você merece. Essa noite (sábado) você mostrou. Todos entendemos. Mensagem recebida. Agora nós sabemos. Vamos em frente. Não estou dizendo que Corey Anderson receberá a disputa de cinturão na próxima luta. Dominick Reyes acabou de vencer também, e venceu de forma convincente. Vamos ver o que teremos para ele, e se o seu contrato acabar e ele não quiser mais estar aqui, pode fazer o que tiver que fazer. Enquanto isso, é só aceitar as lutas que o oferecermos. É bem simples. Se você acha que é bom o suficiente para disputar o cinturão, como é que eu vou fazê-lo perder dando o número 11 ou 14 do ranking para você lutar?”, indagou o presidente.

Veja também

publicidade

Mais lidas

publicidade

Newsletter

Assine nossa Newsletter e receba notícias e novidades em primeira mão

publicidade