Jennifer Maia não bate o peso pela segunda vez e é multada antes do UFC 244; Gastelum cria polêmica

Publicado em 01/11/2019 por: Diogo Santarém
Jennifer Maia não bate o peso pela segunda vez e é multada antes do UFC 244; Gastelum cria polêmica Gastelum precisou ficar nu para bater o peso e criou polêmica com suposto apoio em treinador (Foto reprodução YouTube TheMacLife)

publicidade

Realizada nesta sexta-feira (1), a pesagem oficial do UFC 244, evento marcado para o sábado, dia 2, em Nova York (EUA), contou com o drama de dois lutadores: Jennifer Maia e Kelvin Gastelum. A brasileira ficou 500g acima do limite do peso mosca, foi multada em 25% da bolsa – valor revertido para sua adversária -, mas está garantida no combate contra Katlyn Chookagian. Essa foi a segunda vez que Jennifer não bateu o peso da divisão.

Já Gastelum suou, precisou ficar nu, mas conseguiu bater o peso médio no último minuto. Aparentando desgaste, assim como Jennifer, Kelvin registrou 83,5kg e confirmou presença no co-main event diante do inglês Darren Till, que marcou 84,4kg usando a libra de tolerância para lutas que não valem cinturão.

A polêmica envolvendo Kelvin Gastelum, entretanto, surgiu após a pesagem, quando vídeos e fotos levantaram a hipótese de que ele teria apoiado o cotovelo direito em seu treinador, o brasileiro Rafael Cordeiro, diminuindo o valor registrado na balança ao transferir parte do seu peso para o técnico.

“As pessoas estão viajando. Eu fui ali para conferir o peso dele (Gastelum). Como eu poderia tirar duas libras dele com o meu peito? Eles estão loucos. É um drama para vender a luta, não tem como… Havia dois oficiais da Comissão Atlética de NY lá, eu estava na frente de todo mundo. Ele foi o último, estava suando, correndo como um maníaco, trabalhando duro e fez o seu papel”, disse Cordeiro em declaração ao site MMA Fighting.

A Comissão Atlética do Estado de Nova York também se pronunciou a respeito, com o seguinte comunicado sobre a polêmica: “A Comissão revisou as imagens disponíveis no momento da pesagem de Gastelum. A determinação oficial do peso não será modificada, e Kelvin Gastelum não será desclassificado para competir no UFC 244, já que não é possível dizer que o possível contato indicado no vídeo tenha impactado o peso de Gastelum, na medida em que ele teria excedido o limite de peso aplicável permitido para a luta”.

Posteriormente, segundo o site da ESPN americana, a NYSAC determinou que houve, de fato, contato entre Gastelum e Cordeiro, o que é uma violação das regras da comissão. Sendo assim, a entidade divulgou que vai tomar medidas disciplinares contra Kelvin, mas o combate pela divisão dos médios segue de pé.

Nos demais duelos, nenhum problema. Jorge Masvidal e Nate Diaz anotaram 76,9kg e 77,3kg, respectivamente, e confirmaram a luta principal pelo peso meio-médio, que vai valer o inédito cinturão de mais casca-grossa do esporte, ou “BMF” (em inglês, baddest motherfucker). Outros brasileiros, Vicente Luque e Johnny Walker também não passaram sustos para as lutas contra Stephen Thompson e Corey Anderson.

RESULTADOS:

UFC 244
Nova York, nos Estados Unidos
Sábado, 2 de novembro de 2019

Card principal

Peso-meio-médio (até 77kg): Jorge Masvidal (76,9kg) x Nate Diaz (77,3kg)

Peso-médio (até 83,9kg): Kelvin Gastelum (83,5kg) x Darren Till (84,4kg)

Peso-meio-médio (até 77kg): Stephen Thompson (77,3kg) x Vicente Luque (77,2kg)

Peso-pesado (até 120,2kg): Derrick Lewis (120,2kg) x Blagoy Ivanov (116,8kg)

Peso-leve (até 70,3kg): Kevin Lee (70,6kg) x Gregor Gillespie (70,5kg)

Card preliminar

Peso-meio-pesado (até 93kg): Corey Anderson (92,8kg) x Johnny Walker (92,9kg)

Peso-pena (até 65,7kg): Shane Burgos (66,1kg) x Makwan Amirkhani (65,9kg)

Peso-médio (até 83,9kg): Brad Tavares (83,7kg) x Edmen Shahbazyan (83,9kg)

Peso-pesado (até 120,2kg): Andrei Arlovski (110,7kg) x Jairzinho Rozenstruik (111,7kg)

Peso-mosca (até 56,7kg): Katlyn Chookagian (56,9kg) x Jennifer Maia (57,7kg) **

Peso-meio-médio (até 77kg): Lyman Good (76,9kg) x Chance Rencountre (77,5kg)

Peso-pena (até 65,7kg): Julio Arce (65,9kg) x Hakeem Dawodu (66,1kg)

* Todos os atletas tiveram direito a uma libra de tolerância (0,454g) em seus pesos, já que nenhuma luta é valida por cinturão

** Não bateu o peso e foi multada em 25% da bolsa, valor revertido para sua adversária

 

Veja também

publicidade

Mais lidas

publicidade

Instagram
Newsletter

Assine nossa Newsletter e receba notícias e novidades em primeira mão

publicidade