Luan Miau e Luana Pinheiro salvam o Brasil, enquanto russo leva cinturão histórico no BRAVE 29; confira como foi

Publicado em 17/11/2019 por: Diogo Santarém
Luan Miau e Luana Pinheiro salvam o Brasil, enquanto russo leva cinturão histórico no BRAVE 29; confira como foi Azamat venceu duas lutas na mesma noite e levou o prêmio de US$ 100 mil para casa (Foto divulgação BRAVE CF)

publicidade

A saída de Marcel Adur do card do BRAVE 29, realizado na última sexta-feira (15), diminuiu o número de brasileiros em ação no Bahrein, mas não tirou a emoção do histórico evento, que coroou o invicto Azamat Murzakanov como primeiro campeão do KHK World Championship, torneio de uma noite sem limite de peso. No cage, apenas dois brasileiros conquistaram vitórias, com Luan “Miau” Santiago superando o russo Gadzhimusa Gaziev e Luana Pinheiro nocauteando Helen Harper.

Luan Miau, que perdeu o cinturão peso-leve para o compatriota Cleiton “Predador” em agosto passado, teve uma performance comedida, controlando a luta com seu Caratê e conectando bons chutes no corpo castigado de Gaziev para triunfar por decisão dividida dos jurados ao término dos três rounds.

Luana Pinheiro comemorou em grande estilo uma vitória na primeira luta feminina da história do Bahrein. Com as mãos bastante afiadas, a campeã de Judô conectou golpes duros na inglesa Helen Harper e derrubou a adversária ainda no primeiro assalto. “Esse é só o começo. Foi uma honra mostrar o que as mulheres são capazes aqui no Bahrein, um país lindo e onde eu fui muito bem recebida. Quero muito voltar e vocês podem esperar mais nocautes”, comemorou Luana, que somou seu sétimo triunfo no MMA.

Erick “Índio Brabo”, Felipe Silva, além dos integrantes do KHK World Championship, Guto Inocente e Kleber Orgulho, acabaram derrotados, com Felipe sendo surpreendido por um gancho de esquerda de Guram.

Guto, por sua vez, não foi páreo para o Wrestling de Azamat, que controlou a luta no curso de dois rounds na semifinal do KHK World Championship, enquanto Orgulho não resistiu aos duros golpes de Mohammad Fakhreddine, cansou e acabou derrotado na outra semi, nos dois primeiros combates da noite.

Antes da decisão, uma grande festa tomou conta da Khalifa Sports City Arena, com um helicóptero trazendo o cinturão mais prestigioso da história dos esportes. O “KHK belt”, adornado com 6.2 kg de ouro, foi posto em jogo na final do torneio, com o vencedor ganhando US$ 100 mil (cerca de R$ 420 mil) e o direito de ter a posse provisória da cinta. Na grande final, Azamat Murzakanov foi superior e mostrou que é um dos atletas mais completos da divisão ao nocautear Fakhreddine brutalmente no primeiro assalto da luta principal.

RESULTADOS COMPLETOS:

BRAVE 29
Khalifa Sports City, no Bahrein
Sexta-feira, 15 de novembro de 2019

Azamat Murzakanov derrotou Mohammad Fakhreddine por nocaute no 1R
Hamza Kooheji derrotou Nahuel Gandolfi por nocaute técnico no 3R
Dumar Roa derrotou Abdul-Kareem Al-Selwady por nocaute no 1R
Luan “Miau” Santiago derrotou Gadzhimusa Gaziev por decisão dividida dos jurados
Guram Kutateladze derrotou Felipe Silva por nocaute no 1R
Luana Pinheiro derrotou Helen Harper por nocaute no 1R
Matis Zarahovs derrotou Hussain Ayyad por nocaute técnico no 1R
Ilia Topuria derrotou Steven Gonçalves por nocaute no 1R
Amir Albazi derrotou Ryan Curtis por finalização no 1R
Ali Qaisi derrotou Jeremy Pacatiw por decisão unânime dos jurados
Kasum Kasumov derrotou Rany Saadeh por finalização no 2R
Tae Hyun Kim derrotou Erick “Índio Brabo” por decisão unânime dos jurados
Mohammad Fakhreddine derrotou Kleber Orgulho por nocaute técnico no 2R
Azamat Murzakanov derrotou Guto Inocente por decisão unânime dos jurados

Veja também

publicidade

Mais lidas

publicidade

Newsletter

Assine nossa Newsletter e receba notícias e novidades em primeira mão

publicidade