Serginho Moraes aposta no Jiu-Jitsu para reencontrar o caminho das vitórias no UFC São Paulo: ‘Trazer a luta para minha área’

Publicado em 14/11/2019 por: Diogo Santarém
Serginho Moraes aposta no Jiu-Jitsu para reencontrar o caminho das vitórias no UFC São Paulo: ‘Trazer a luta para minha área’ Serginho Moraes foi cortado do UFC após amargar três derrotas seguidas (Foto Eduardo Ferreira)

publicidade

Pela primeira vez na carreira, Serginho Moraes sofreu duas derrotas seguidas no MMA. Por isso, quando pisar no octógono neste sábado (16), no UFC São Paulo, o tricampeão mundial de Jiu-Jitsu sabe que só a vitória interessa. E para espantar a má fase e o risco iminente de demissão, o paulista deu atenção especial a parte psicológica e investiu bastante no seu jogo de chão. Ele garante que vai voltar as suas origens e usar o Jiu-Jitsu para conquistar um triunfo contra James Krause.

“Eu venho de duas derrotas. Isso nunca aconteceu na minha carreira. Isso aumenta a pressão, sem dúvida. Na verdade, eu sinto que toda luta eu entro pressionado, pois sempre entro para dar o meu melhor. Para esse combate, dei atenção especial na parte psicológica e na parte de chão. Treinei bastante Wrestling para levar a luta para a minha área. O objetivo é não deixar a estratégia do meu oponente funcionar e trazer a luta para onde eu sou forte. Estou me sentindo muito bem e vou em busca da vitória”, disse Serginho.

Se o brasileiro está em um momento complicado na carreira, James Krause vive o oposto. O americano vem de cinco vitórias seguidas, a última em agosto passado, sobre Warlley Alves. Por isso, Serginho encara essa luta como uma chance de voltar a ficar bem posicionado no ranking dos meio-médios da organização.

“No UFC você tem que estar pronto para tudo. Então, eu gostei dessa luta porque é a chance de retomar o caminho das vitórias contra um atleta que vem embalado. Uma vitória contra ele zera a conta, já que ele venceu o Warlley (Alves) e o Warlley me venceu (risos). O Krause tem boas finalizações e tem poder de nocaute. Ele vem de cinco vitórias e, caso eu saia vencedor, isso me coloca em uma boa posição novamente”, concluiu o faixa-preta, que ostenta um cartel com 14 vitórias, cinco derrotas e um empate.

CARD COMPLETO:

UFC Fight Night 164
Ginásio do Ibirapuera, em São Paulo (SP)

Sábado, 16 de novembro de 2019

Card principal
Peso-meio-pesado: Ronaldo Jacaré x Jan Blachowicz
Peso-meio-pesado: Maurício Shogun x Paul Craig
Peso-leve: Charles do Bronx x Jared Gordon
Peso-médio: Antônio Arroyo x André Sergipano
Peso-médio: Markus Maluko x Wellington Turman

Card preliminar
Peso-meio-médio: Serginho Moraes x James Krause
Peso-pena: Ricardo Carcacinha x Eduardo Garagorri
Peso-leve: Francisco Massaranduba x Bobby Green
Peso-meio-médio: Warlley Alves x Randy Brown
Peso-pena: Douglas D’Silva x Renan Barão
Peso-mosca: Ariane Lipski x Veronica Macedo
Peso-galo: Vanessa Melo x Tracy Cortez

Veja também

publicidade

Mais lidas

publicidade

Newsletter

Assine nossa Newsletter e receba notícias e novidades em primeira mão

publicidade