Wallid Ismail fala de expectativa para o Jungle Fight no DAZN 98 e promete evento histórico em edição centenária

Publicado em 18/11/2019 por: Diogo Santarém
Wallid Ismail fala de expectativa para o Jungle Fight no DAZN 98 e promete evento histórico em edição centenária Jungle Fight prepara grande festa para sua centésima edição, que acontecerá em breve (Foto divulgação)

publicidade

O Jungle Fight se aproxima de um marco histórico no MMA nacional. Um dos maiores eventos de artes marciais da América Latina está próximo de realizar sua edição de número 100, patamar nunca atingido por outro evento brasileiro. Faltam apenas três edições para o show, que realizou a sua primeira edição em 2003, em Manaus, capital do Amazonas. O próximo card acontece neste sábado (23), no Clube Labareda, em Belo Horizonte, Minas Gerais. O Jungle Fight no DAZN 98 contará com grandes combates e transmissão ao vivo pela plataforma de esportes que mais cresce no mundo. Presidente do Jungle Fight, Wallid Ismail falou sobre a expectativa para a próxima edição do evento, enalteceu a parceira com o DAZN e prometeu um evento histórico para o centésimo Jungle.

Confira a entrevista com Wallid Ismail:

– Qual a sua expectativa para a próxima edição do Jungle Fight?

Colocamos os melhores contra os melhores. A selva não é um evento que é feito por professor, nós escolhemos os melhores de cada time. E os guerreiros que saem na porrada, eles voltam. Eu não tenho time, por isso que o nosso evento é o melhor da América Latina. Eu entendo de MMA. Fui nascido e criado nesse esporte, ajudei a fazer esse esporte, e hoje eu trabalho para ajudar todos os times.

– Com essa parceria, que o fã de MMA pode esperar do Jungle no DAZN?

O DAZN chegou no Brasil para levantar o esporte. As pessoas que amam MMA precisam assinar o DAZN. Nossa ideia é fazer de dois a quatro eventos por mês nos próximos três anos, que é o nosso tempo de contrato inicial. Queremos incentivar a nova geração de guerreiros. Quando os lutadores têm uma oportunidade em um evento imparcial, eles ficam ainda mais motivados para fazer uma grande apresentação. Por isso é importante essa parceria com o DAZN, pois eles nos dão as ferramentas necessárias para produzir os eventos e com isso fomentar o mercado de MMA dentro do Brasil.

– O que você aponta como diferencial para o crescimento do Jungle?

Não gosto de falar de crise. Você não vai ouvir coisas ruins saindo da minha boca. Estamos trabalhando incansavelmente em parceira com o DAZN. Vamos mostrar ao mundo a força dos nossos guerreiros. É muito importante a visibilidade que esses lutadores têm na selva. Quando eles lutam no Jungle Fight, eles ficam mais conhecidos. E ainda fazemos um trabalho gigante de marketing desses atletas. Você pode ver o ‘nocaute Jungle’ todo dia no nosso Facebook e no DAZN. Para as pessoas terem uma ideia, na semana passada, que não tivemos evento, tivemos mais de um milhão de visualizações em nossos vídeos.

– Quais são os planos para o Jungle Fight até o final do ano?

Quero fazer um evento muito especial que é o Jungle Fight 100. Fiquem ligados que a grande notícia está chegando. O Jungle Fight 100 será o maior evento que já realizamos. Será um marco na história do MMA nacional. A chegada do DAZN no Brasil é o começo de uma nova era no MMA e para todos os esportes. No DAZN você assiste aos melhores campeonatos do mundo em todos os esportes, e o Jungle Fight, maior evento de MMA da América Latina e eleito duas vezes como o quinto maior evento de MMA do mundo, não poderia ficar de fora da maior plataforma de streaming do mundo. Os fãs podem esperar um show.

Veja também

publicidade

Mais lidas

publicidade

Newsletter

Assine nossa Newsletter e receba notícias e novidades em primeira mão

publicidade